O que é quaternário de amônia?

Um dos maiores aprendizados que tivemos nos últimos anos se deu quanto a relação entre desinfecção de ambientes e a nossa saúde. O uso de desinfetantes se transformou em uma de nossas principais armas para nos proteger de vírus e bactérias, onde, especificamente, um componente em especial se mostrou como um dos principais aliados nessa questão: o quaternário de amônia.

Composto fundamente dentre alguns dos melhores produtos de limpeza, o quaternário de amônia não se encontra em supermercados para venda isolada. Na verdade, pode-se dizer que ele é um elemento químico que transforma desinfetante quaternário de amônia em alguns dos melhores que se pode encontrar no mercado.

Esta foi só primeira informação importante sobre o quaternário de amônia que você precisa saber. Para descobrir ainda mais sobre outros aspectos como teor de limpeza, sua divisão entre gerações e até um comparativo com o álcool 70%, preparamos esse artigo.

Caso prefira, você também pode consumir esse conteúdo sobre desinfetante quaternário de amônia em formato de áudio em nosso podcast de limpeza profissional.

Acompanhe a leitura!

NAVEGUE DIRETAMENTE POR TÓPICOS: 

Quando surgiu a desinfecção?

Para começar, vamos remontar aos primórdios da ação de desinfecção. Ao longo da história, a humanidade buscou soluções para os desafios relacionados às infecções, principalmente, nos ambientes hospitalares.

Banner artigo Higiclear

Com o atravessamento de pestes, epidemias, guerras e tantas outras questões sociais e sanitárias, focou-se mais a atenção na limpeza e desinfecção de ambientes como modo de proteção a saúde, sobretudo a esterilização de materiais hospitalares.

No entanto, vale destacar que a relação entre limpeza e saúde não é algo contemporâneo. Ainda na Grécia, o médico grego Hipócrates, percebeu que a higiene poderia evitar infecções.

A queda significativa nas condições sanitárias tem como um marco o momento em que as cidades começam a crescer sem planejamento e a higiene pessoal não era um hábito diário. Neste cenário, as epidemias eram muito comuns. A peste negra, por exemplo, matou 1/4 da população do mundo no século XV.

Nos tempos atuais temos plena consciência de que vírus e bactérias são onipresentes ao nosso redor e que a presença deles pode desencadear doenças, pandemias e problemas mundiais. Desse modo, podemos compreender que ações de limpeza e desinfecção são fundamentais para evitar doenças e para promover o lazer e o conforto.

Em que momento surgiram os utensílios de limpeza?

Vimos que hábitos de higiene são conhecidos desde o tempo da Grécia antiga, porém se tornaram pouco praticados com a expansão de demais civilizações. Tal cenário só se agravou com a revolução industrial e o crescimento desenfreado de cidades a partir do séc. XIX, onde a sociedade ocidental enfrentou altas taxas de mortalidade por conta de diversas doenças infecciosas.

revolucao industrial e a higiene pessoal

Com a expansão causada pela revolução industrial, os hábitos de higiene ficaram ainda piores nos grandes centros urbanos.

O olhar e a atenção para a necessidade de manter os ambientes limpos só começaram a ganhar alguma importância na sociedade em geral na metade do século, na Grã-Bretanha, onde foi realizada a primeira campanha pela saúde pública. A iniciativa despertou a preocupação com a limpeza doméstica, que foi se fortalecendo pouco a pouco.

Nessa época, o cientista Louis Pasteur foi responsável por diversas pesquisas que contribuíram para a compreensão das doenças infecciosas. Seus estudos permitiram uma mudança de posicionamento da sociedade em relação à necessidade da limpeza e higiene dos locais, pois demonstravam que resquício de sujeira poderia gerar germes e, consequentemente, diversos males à vida humana.

Diante da nova compreensão, houve a necessidade de se desenvolver utensílios para facilitar o hábito da limpeza. Em 1860, Daniel Hess inventou uma máquina com uma escova giratória, operada pelos pés e mãos, que sugava o pó.

A partir de 1905, o mercado começou a ser invadido por uma gama de variedades em aspiradores com sucção e escovas giratórias. Já em 1963, com 41% da população abastecida pelas redes elétricas, a facilidade do uso de eletrodomésticos caiu nas graças das famílias, otimizando o tempo de limpeza e tornando-a mais eficiente.

O que é a desinfecção? E esterilização?

Primeiramente, para darmos início a nossa conversa sobre quaternário de amônia, é preciso definir o que é desinfecção.

A desinfecção trata-se de um “processo de eliminação de formas vegetativas, existentes em superfícies inanimadas, mediante a aplicação de agentes químicos e/ou físicos”.

processo de desinfeccao e esterilizacao com quaternario de amonia

Os processos de desinfecção e esterilização devem ser feitos após limpeza prévia.

Já a esterilização é a “eliminação ou destruição completa de todas as formas de vida microbiana, sendo executada no próprio hospital através de processos físicos ou químicos”.

É válido relembrar que antes da realização das etapas de desinfecção e esterilização, é preciso uma limpeza superficial, sendo ela o ponto de partida para um ambiente ou uma superfície livre de agentes patogênicos. Você pode ler mais sobre os processos de limpeza, desinfecção e esterilização em nosso artigo dedicado a esse tema.

O que é quaternário de amônia? Como ele funciona?

É graças aos compostos químicos que o processo de desinfecção ocorre, sendo o quaternário de amônia um dos principais componentes desinfetantes. Isso porque se trata de uma substância que faz parte de uma família de compostos com ação antimicrobiana, com fortes agentes ativos catiônicos.

O quaternário de amônia tem uma atividade desinfetante potente, que age por destruição das proteínas dos microrganismos, ou seja, tem a capacidade de agir e dizimar a membrana plasmática ou parede celular bacteriana.

Desse modo, o desinfetante quaternário de amônia inibe a síntese dos microrganismos, um processo vital para a sobrevivência dos agentes patológicos, os destruindo.

Sendo assim, o quaternário de amônia pode ser entendido como uma substância versátil no que diz respeito às ações de desinfecção, estando presente em:

  • desinfetantes comuns;
  • desinfetantes semicríticos;
  • fungicidas;
  • virucidas;
  • germicidas;
  • bactericidas;
  • bacteriostáticos;
  • agentes de controle de fungos e bolor.

Com todas essas finalidades, o desinfetante quaternário de amônia é usado na fabricação de desinfetantes de uso doméstico, hospitalar, veterinário e industrial.

Quais as gerações do desinfetante quaternário de amônia?

o que e quaternario de amonia

O quaternário de amônia é um poderoso aliado na limpeza.

Assim como a compreensão, a prática e a consciência sobre a limpeza evoluíram ao longo do tempo, o quaternário de amônia também passou por um processo de aprimoramento que foi dividido por gerações, onde surgiram substâncias cada vez mais poderosas:

  • 1ª GERAÇÃO

O cloreto de benzalcônio foi o primeiro composto derivado de quaternário de amônia introduzido no mercado.

  • 2ª e 3ª GERAÇÕES:

Os compostos de quaternário de amônia da segunda e terceira geração (primeira e segunda juntas) são os que permanecem mais ativos na presença de água dura. Nestes, a ação bactericida é atribuída à inativação de enzimas, desnaturação de proteínas essenciais e ruptura da membrana celular.

  • 4ª GERAÇÃO:

Na quarta geração, temos compostos com uma atividade germicida superior, de baixa formação de espuma e com alta tolerância às cargas de proteínas e água dura. Estes são indicados para desinfecção na indústria alimentar e de bebidas, dada a sua baixa toxicidade.

  • 5ª GERAÇÃO:

Aqui, uma mistura da 4ª geração de quaternário de amônia com outro composto, o Dimetil. Como resultado, temos aumento de espectro de ação e de eficácia.

O que são desinfetantes? Como escolher o ideal?

Desinfetantes são produtos de limpeza feitos de substâncias químicas capazes de destruir bactérias, fungos e vírus. Porém, é importante salientar que eles não têm capacidade de eliminar esporos.

Também é importante destacar que o desinfetante comercializado de forma responsável e segura, deve conter as seguintes características:

  • trazer no rótulo o seu número de inscrição no Ministério da Saúde;
  • ser usado estritamente da maneira indicada nas instruções;
  • especificar quais microrganismos combate.
  • penetrabilidade;
  • amplo espectro;
  • atividade residual (tempo em que um produto químico mantém seu princípio ativo como protetor ou defensivo);
  • mínima toxicidade;
  • ação rápida;
  • não corrosivo;
  • fácil de usar;
  • odor não desagradável;
  • econômico.

Desinfetante quaternário de amônia x detergentes: sabe como usar corretamente?

Após abordar dicas de como escolher o melhor desinfetante, é preciso se atentar que, ele de nada surtirá efeito caso seja utilizado da maneira inadequada.

Em algumas situações, os compostos de desinfetante quaternário de amônia podem ser utilizados como substitutos de detergentes, no entanto, como alguns possuem baixa capacidade de limpeza comparada a detergentes aniônicos e não iônicos, são incapazes de cumprir o mesmo papel. Ainda assim, as formulações de detergentes também podem conter o quaternário de amônia, agregando valor ao produto de limpeza.

É preciso estar ciente do que cada item entrega para alcançar a eficiência desejada. Neste sentido, uma empresa especializada em material de limpeza profissional, como a Higiclear, poderá oferecer as soluções mais assertivas e econômicas para cada finalidade de procedimento de higienização.

Desinfetantes x álcool: qual mais eficiente?

testes entre quaternario de amonia e alcool 70

O desinfetante quaternário de amônia se sai melhor que álcool 70% em desinfecção de ambientes hospitalares.

Outro produto ligado à desinfecção e que causa dúvidas é o álcool. Pode-se dizer que ele cumpre a mesma função de um desinfetante quaternário de amônia?

Para tratar desse tema, recorremos as informações do artigo “Comparação da efetividade do álcool e do quaternário de amônia com e uso de técnica de desinfecção de superfícies horizontais” que mostram que as substâncias utilizadas como desinfetantes, durante o estudo, foram eficazes na redução do crescimento dos microrganismos selecionados.

A pesquisa teve como objetivo comparar a efetividade do álcool a 70% e do quaternário de amônia na prática de enfermagem (especificamente em uma sala de testes de um laboratório credenciado na Rede REBLAS/ANVISA).

A conclusão foi de que “o quaternário de amônia de quinta geração é muito superior ao álcool à 70%, não havendo necessidade, durante sua utilização, da aplicação da técnica de desinfecção de superfícies horizontais consagrada na enfermagem, constituindo-se em uma quebra de paradigma em face da efetividade deste produto”.

Em quais produtos o quaternário de amônia é utilizado?

Para além dos desinfetantes e produtos de limpeza, o quaternário de amônia está presente na indústria de cosméticos, sintetizado em cremes condicionadores, máscaras capilares e cremes sem enxágue. Nestes casos, ele se apresenta de maneira mais suave, conferindo um toque sedoso e macio aos cabelos. por conta de suas propriedades emulsionantes e antiestáticas.

Os quaternários também podem ser usados como microbicidas, na fabricação de papel e papelão; algicidas, para uso em piscinas e/ou torres de resfriamento de água em recirculação; e incorporados como conservantes em diversos segmentos.

Soluções em desinfecção residencial e empresarial da Higiclear.

Por fim, chegamos aos nossos produtos de desinfecção que contêm quaternário de amônia, combinados a outros ingredientes, potencializando o resultado final. As soluções da Higiclear oferecem o equilíbrio ideal para melhor resultado e mais economia.

Veja só:

Desinfetante hospitalar Oxikill

oxikill desinfetante quaternario de amonia

O Oxikill contém quaternário de amônia

Um produto que é limpador, alvejante sem cloro, desodorizante e desinfetante para uso hospitalar. É um desinfetante bactericida de quaternário de amônia e outros componentes importantes. É indicado para a limpeza e desinfecção de pisos, paredes, divisórias, móveis, bancadas, louças sanitárias, cortinas e demais superfícies fixas e artigos não críticos.

Além disso, o produto apresenta eficácia comprovada na presença de matéria orgânica, executando as funções de limpeza, alvejamento e desinfecção em uma única operação, otimizando o tempo dos procedimentos.

Ele pode ser usado de forma segura em ambientes de saúde, como consultórios odontológicos, ambulatórios, hospitais, clínicas, laboratórios de análises clínicas e outros estabelecimentos na área da saúde.

Os principais benefícios do desinfetante hospitalar Optigerm Oxikill com quaternário de amônia e Peroxy são:

  1. Limpeza e desinfecção numa única operação;
  2. Segurança para o usuário (baixa toxicidade por via oral e dérmica, assim como baixa irritabilidade dérmica e ocular e também ausência de efeitos genotóxicos e teratogênicos);
  3. Eficácia microbiológica (possui como princípio ativo o peróxido de hidrogênio associado a quaternário de amônio de 5° geração. Deste modo, o produto age sobre um amplo espectro de microrganismos, mesmo na presença de matéria orgânica;
  4. Efeito residual comprovado (teste realizado em laboratório independente da Oleak comprovou o efeito biocida residual do Optigerm Oxikill® por 7 dias. Estudos demonstram que os germes voltam a povoar superfícies minutos após a desinfecção. Entretanto, o efeito residual do Optigerm Oxikill® garante uma camada extra de proteção no combate às Infecções Relacionadas à Assistência à Saúde (IRAS);
  5. Composto de dois importantes agentes: quaternário de amônia e peróxido de hidrogênio que, combinados, geram resultado potencializado.

Rendimento:

  • Limpeza úmida, realizada com mop ou panos de limpeza: cerca de 20 m² por litro de produto diluído;
  • Limpeza molhada, realizada com enceradeira industrial ou esfregões: cerca de 7 m² por litro de produto diluído;
  • Pulverização, realizada com pulverizador costal ou nebulizador, em ambiente sem mobília (1,5 metro de parede e pisos): cerca de 10 m² de construção por litro de produto diluído.

Desinfetante com quaternário de amônia PHMB – Optigerm HyperC

optigerm desinfetante hospitalar quaternario de amonia

O desinfetante optgerm também é outra excelente opção com quaternário de amônia.

Outra solução da Higiclear para desinfecção é o desinfetante hospitalar com quaternário de amônia e PHMB (polihexametileno biguanida), Optigerm HyperC. Trata-se de um produto indicado para a limpeza e desinfecção de artigos não críticos e superfícies fixas em geral, como teto, pisos, paredes, divisórias, mobiliário, bancadas, louças sanitárias, cortinas, etc.

Desse modo, pode ser utilizado nas rotinas de limpeza terminal e concorrentes nos mais variados estabelecimentos da saúde, como ambulatórios, consultórios odontológicos, hospitais, clínicas, laboratórios de análises clínicas e outros estabelecimentos de auxílio à saúde.

Benefícios do Desinfetante Hospitalar Optigerm HyperC:

  1. Limpeza e desinfecção numa única operação (sua formulação própria é altamente eficaz e eficiente para as limpezas do tipo terminal e concorrente em estabelecimento da área da saúde);
  2. Seguro para o usuário (possui baixa toxicidade por via oral e dérmica, baixa irritabilidade dérmica e ocular e ausência de efeitos genotóxicos e teratogênicos);
  3. Eficácia microbiológica (possui como princípio ativo o biguanida polimérica PHMB, associada ao quaternário de amônia de 5° geração. Então, age sobre um amplo espectro de microrganismos, mesmo na presença de matéria orgânica).

Rendimento:

  • Limpeza úmida, realizada com mop ou panos de limpeza: cerca de 20 m² por litro de produto diluído;
  • Limpeza molhada, realizada com enceradeira industrial ou esfregões: cerca de 7 m² por litro de produto diluído;
  • Pulverização, realizada com pulverizador costal ou nebulizador, em ambiente sem mobília (1,5 metro de parede e pisos): cerca de 10 m² de construção por litro de produto diluído.

Para finalizar, como vimos durante todo o artigo, as soluções em desinfecção da Higiclear contêm o quaternário de amônia, associado a outros agentes químicos, que potencializam e expandem seus efeitos e funções. As misturas, neste caso, são seguras e atendem às normas exigidas pela ANVISA e pelos órgãos que regulamentam a comercialização de produtos de limpeza. No momento da compra, seja para uso residencial ou empresarial essa garantia é fundamental.

Entre em contato com a Higiclear e tenha em mãos a certeza de uma limpeza e desinfecção eficientes, conscientes, econômicas e responsáveis.

solicite seu orcamento

Até a próxima semana!

Referências: 

USP

UNESP

UFPR

Residências

https://escsresidencias.emnuvens.com.br/hrj/article/view/389

UFRGS