Temos uma pergunta para você, gestor ou empresário. Como andam os custos de produção e operação da sua empresa? E sua gestão de custos?

Geralmente, os custos desses setores em empresas são um dos grandes problemas que muitas empresas enfrentam. Afinal, quanto maior o custo, menor o lucro obtido e muitas vezes até a continuidade da empresa fica comprometida mesmo.

Dessa forma, faz-se necessário o exercício constante de encontrar maneiras de planejar e reduzir custos e aumentar a lucratividade na contabilidade do final do mês. Fique conosco para entender como reduzir os seus custos de maneira mais assertiva!

Custo x Qualidade de produtos de limpeza

Um dos caminhos que as empresas encontram para solucionar esse problema é reduzindo custos em materiais diretos de modo indiscriminado. Imagine, por exemplo, o impacto dessa redução no sabor ou na qualidade dos alimentos de seu restaurante. Ou então a qualidade das roupas confeccionadas com esse drive.

Pois então, se existem profissionais dispostos a sacrificar a qualidade a qualquer custo, imagine agora como pode ficar, em alguns casos, a gestão dos insumos indiretos como embalagens, papelaria, manutenção e também na limpeza e higiene pessoal.

Muitos fazem isso de maneira a comprar apenas baseados no preço e acabam preferindo usar produtos de limpeza de qualidade inferior, que possuem um preço menor e são mais “baratos”.

Inegavelmente é certo afirmar que o preço dos produtos está intimamente ligado à qualidade dos mesmos.

No entanto, muitas vezes, quanto menor o preço, menor a qualidade. E quando a qualidade desses tipos de produtos e serviço é baixa, sem dúvida perde-se muito na eficiência e eficácia desejada, podendo resultar inclusive na perda de clientes e lucratividade.

No caso da limpeza, a qualidade é prejudicada e a empresa também sofre outras consequências possíveis, como:

  • Menor produtividade dos funcionários;
  • Aumento da proliferação de doenças;
  • Aumento das faltas e atestados médicos;
  • Insatisfação dos funcionários e clientes;
  • Impacto negativo na experiência de clientes e funcionários, etc.

Ou seja, é preciso repensar a forma como se faz o corte de custos.

Hoje, separamos 6 dicas para você resolver esse problemão de custos elevados na sua empresa, sem deixar de lado a qualidade. Anota aí:

  1. Calcule custos e despesas 

Coloque no papel todos os custos e despesas da sua empresa e especifique cada valor que entra. É importantíssimo ter o pleno controle financeiro da empresa. Isso te faz ter uma ideia global do seu real custo/despesa com a empresa e também a verificar os pontos que podem ser melhorados e reduzidos.

Certamente ter um sistema de ERP para sua gestão profissional também é fundamental. Os custos dessas ferramentas está muito baixo e não há desculpas mais para não utilizar. Administre pensando sempre em termos financeiros e econômicos.

Resumindo:

  • Faça um fechamento mensal de entrada e saída e monitore a evolução das despesas e investimentos.
  • Monitore seu fluxo de caixa e prepara-se para os momentos do ano onde maiores despesas e investimentos são claramente necessários. Também não se esqueça da previsão de entrada de receita, que também pode ter grandes oscilações, sendo que algumas são previsíveis.
  1. Envolva os funcionários 

Envolva seus funcionários e incentive que todos evitem o desperdício de qualquer natureza. Seja de materiais (copos plásticos, energia, papel toalha, papel sulfite, etc.) ou também de serviços.

Quando todos trabalham juntos, tudo vai melhor!

Certamente não se trata aqui de ser a sócia ou sócio que tudo vê e que tudo cobra, trata-se de ter a parceria de quem esta na sua linha de frente e precisa ser muito bem considerado para que faça o mesmo com seus clientes.

  1. Terceirize atividades 

Uma maneira de diminuir o custo, aumentar a produtividade, diminuir tempo do serviço e garantir o uso correto de equipamentos e acessórios é terceirizando serviços. Algumas das atividades que podem ser terceirizados são: transporte, limpeza, alimentação, cópias, etc.

Dentro de terceirização existem algumas contratações que aumentam seu custo fixo, porém derrubam as surpresas. Imagine como exemplo, o caso de advogados trabalhistas, tributários ou que atuam com contratos. A falta de apoio desse profissional pode lhe trazer despesas altíssimas e até mesmo inviabilizar sua empresa!

Talvez uma boa agência de empregos também possa melhorar em muito a performance de seu negócio e ser muito mais assertivo na contratação de profissionais que levarão adiante seu negócio. Pense em contratar mensalmente e usar o serviço preventivamente.

  1. Produtos de limpeza de qualidade 

Opte sempre por comprar produtos de qualidade. Quanto maior a qualidade, maior a eficiência dos produtos, menor o desperdício e maior a satisfação. Quando falamos de produtos de limpeza e higiene pessoal, dê preferência às linhas profissionais.

À primeira vista, podem parecer mais caras do que as de uso doméstico, porém com a utilização correta, acabam sendo mais econômicas e garantem um resultado incrível para as empresas.

Lembre-se, a qualidade impacta seu negócio de maneira muito positiva e melhora a experiência dos clientes e funcionários com a sua marca.

A Higiclear conta com uma linha completa de produtos que garantem qualidade, economia e agilidade para o dia a dia da sua empresa. Você encontra uma variedade de: desinfetantes, detergentes, limpa vidro, multiuso, cera acrilica, desengordurantes, aromatizador de ambientes, cloro gel, diluidores e desenxagrante. Conheça mais, clicando aqui

  1. Utilize materiais adequados 

É importante usar e garantir que seus funcionários utilizem materiais, técnicas e equipamentos adequados em todas atividades, sejam elas de impressão, cálculos, sessões de ideação e também na área da limpeza.

Essa “simples” ação aumenta a produtividade, assim como a qualidade e eficiência das atividades, e também garante a integridade física dos funcionários.

  1. Promova treinamentos para melhor usar produtos de limpeza

Os treinamentos são ótimos aliados para manter seus funcionários sempre atualizados, eliminando velhos (e maus) hábitos durante os procedimentos no trabalho.

Além disso, ajudam a evitar erros, falhas e garantem um trabalho muito mais produtivo, eficiente e seguro, gerando mais economia de produtos e mais segurança.

Saiba que até mesmo em relação a limpeza de escritórios e banheiros existem treinamentos “de bolso” que podem ser aplicados em 15 minutos e podem:

  • Elevar a qualidade do serviço de limpeza;
  • Reduzir a chance de transmissão de doenças;
  • Aumentar a produtividade e liberar tempo de profissionais;
  • Manter a saúde do pessoal da faxina em alta.

Veja o depoimento de um importante cliente e veja como colaboramos em seus resultados de limpeza clicando aqui!

Por fim, comece a implantar essas dicas agora mesmo e comprove a redução de custos por si só.  Certamente, além de manter a qualidade da limpeza e higiene em sua empresa, você também terá uma maior lucratividade e satisfação de seus funcionários e clientes!