materiais de limpeza

O que é um Material de Limpeza?

O material de limpeza ou produto de limpeza é caracterizado como um tipo de artigo que remove, direta ou indiretamente, sujidades e substâncias não desejadas de superfícies e outros lugares.


Introdução Guia Definitivo – Material de Limpeza

Você pode ouvir uma prévia do que se trata nosso Guia Completo de Material de Limpeza ouvindo nossa amostra de áudio logo abaixo:


A limpeza profissional faz parte da vida de todos nós, seja de forma direta ou indireta. Portanto, podemos dizer que os materiais de limpeza são de grande importância e, por isso, é possível encontrar em qualquer ambiente, tanto profissional quanto doméstico, algum tipo de material de limpeza que seja indispensável no nosso dia a dia.

Durante o último cenário pandêmico e de outras doenças, esse tipo de produto ganhou grande importância na saúde, uma vez que a transmissão dessa doença é combatida constantemente pelo material de limpeza.

A grande questão de hoje é limpar com qualidade e eficácia, dando atenção especialmente à desinfecção, que está intimamente relacionada aos materiais de limpeza que utilizamos nesse processo.

Com esse artigo você aprofundará seus conhecimentos de materiais de limpeza que são importantes para a nossa saúde e dia a dia.

Caso o seu interesse seja usar os materiais de limpeza para reduzir suas despensas e limpar sua casa, traremos algumas indicações de produtos disponibilizados em sites de vendas de produtos online.

Será possível acessar os artigos mais relevantes de nosso site e também conferir alguns materiais de limpeza e dicas durante o texto. Encare esse artigo como um grande hub de nosso conteúdo.

E, finalmente, caso o seu interesse seja em como vender materiais de limpeza, leia com atenção pois o conteúdo certamente vai contribuir para melhorar sua performance e te ajudar a conhecer mais sobre o que está se propondo a vender em sua loja de material de limpeza.

Banner artigo mobile - Solicite seu orçamento Higiclear

Banner artigo desktop - Solicite seu orçamento Higiclear

Prezado leitor, se preferir, navegue entre os tópicos:

Material de Limpeza e sua Origem

O Material de Limpeza pela História

Certamente o ato de limpar como conhecemos hoje nem sempre existiu, assim como alguns materiais de limpeza.

Todavia, há evidências de que os humanos, por volta de 9.000 a 10.000 A.C., mantinham o lixo fora dos ambientes domésticos. Esse fato mostra um sinal claro de preocupação dos seres humanos com sua higiene, ao menos com odores indesejados, mesmo há milênios quando não existia material de limpeza.

Nessas eras pré-históricas, há também a presença de vestígios de plantas perfumadas junto aos túmulos, ou seja, temos uma evidência, dentre muitas outras, de que a desodorização, uma espécie de limpeza, já era utilizada.

Durante o período da Idade Média, a humanidade deixou o quesito “higiene” de lado. Registros históricos mostram epidemias diretamente relacionadas à falta de higiene.

Certamente um ótimo exemplo desse fato foi a Peste Negra (1348), que era majoritariamente proliferada através de ratos e pulgas que se propagavam facilmente em razão das condições precárias de higiene da população, explicitando que a ausência de limpeza pode levar as pessoas ao óbito.

A Peste Negra mostra quanto a ausência de medidas higiênicas fazem falta e acabaram resultando na morte de milhões de pessoas (entre 75 e 200 milhões durante 1348 e 1350).

Durante a Idade Média a prática de banhos diários também passava longe de ser um hábito para uma parcela significativa da humanidade, sobretudo onde hoje conhecemos como o continente europeu. Inclusive, não era incomum aqueles que tomavam banhos apenas uma vez ao ano. Portanto, as doenças que abalaram populações inteiras, foram uma consequência natural e diretamente relacionada à falta de higiene e uso de material de limpeza.

Do mesmo modo no livro “Tale of Two Cities” de 1859, Charles Dickens explica o hábito das pessoas de arremessar seus dejetos pelas janelas. Ele menciona ainda a necessidade de decretos governamentais que proibiriam jogar água, urina, lixo doméstico e fezes pelas janelas de Paris e Londres.

Então em 1847 surgiu uma demonstração dos frutos da ciência com medidas de higienização das mãos: o médico húngaro Ignaz Semmelweis reduziu a taxa de mortalidade de seu hospital de 18% das pessoas internadas para muito próximo a zero em quase 2 anos. Tudo isso graças a prática de lavar as mãos com o material de limpeza utilizado na época. Falamos um pouco sobre esse caso em nosso texto sobre a importância da higiene pessoal no trabalho.

Por se tratar de um estudo desenvolvido no âmbito hospitalar, aproveitamos para mostrar uma significativa evolução do setor de higiene e limpeza dentro dessas instituições através de nosso artigo sobre Hotelaria Hospitalar, onde fica claro como cresceu esse setor do ambiente hospitalar.

Ainda se tratando de cuidado a nossa saúde, foi fundamental a criação do setor de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH e CCIRAS) para identificar as fontes de infecção hospitalar e atuar na sua redução e eliminação.

Banner artigo Higiclear

Combata as Infecções Relacionadas à Assistência a Saúde com produtos de limpeza profissional.

O Material de Limpeza no Brasil

Nos anos 90, o material de limpeza importado inundou o mercado brasileiro. Em sua maioria eram produtos profissionais de limpeza, muito modernos, vindos de outros países.

Porém, não foi só a limpeza profissional que se beneficiou com a abertura do mercado brasileiro nessa época. Outros setores da economia também se beneficiariam, como o setor automobilístico, por exemplo, passou a ter carros importados, como um prenúncio das novas fábricas que estavam por vir.

Além disso, devido a abertura tivemos a oportunidade de deixar de lado o material de limpeza simples, como o “pano e rodo”, e mudamos diretamente para o uso de lavadoras automáticas de pisos, a um custo muito mais acessível.

Com isso, experimentamos a era moderna das ceras acrílicas High Speed para pisos. Até então, as ceras que eram vendidas existiam apenas em versões com soluções que combinavam carnaúba e parafina e necessitavam de lustro frequente. Você pode saber mais sobre cera acrílica para pisos e sua história no Brasil em nosso artigo dedicado a esse tema.

Em outras palavras, a abertura econômica dos anos 90 trouxe uma maior variedade de materiais de limpeza ao mercado e em um valor muito mais acessível do que antes.

A Modernização do Material de Limpeza

Grandes construções surgiram no Brasil e, junto delas, cresceu a necessidade da automação da limpeza, bem como a da maior eficiência nos materiais de limpeza para cuidar desses ambientes extensos.

Hipermercados e shopping centers começaram a surgir com mais frequência nessa época, bem como indústrias de grande porte e com alto nível de exigência em relação a limpeza e ao material de limpeza que deveria ser utilizado.

Sendo assim, já que os acabamentos dos pisos, paredes e equipamentos passaram a exigir uma higiene muito mais eficiente, o material de limpeza precisou evoluir junto.

Os trabalhadores passaram a exigir ambientes mais seguros para si. Não era mais aceitável conviver com máquinas jorrando óleo pelos pisos e gerando acidentes. Foi preciso mudar a limpeza e elevá-la em alguns níveis, era necessário limpar profissionalmente.

Aumento da Oferta

Logo depois, com o aumento da oferta de materiais de limpeza modernos e com a profissionalização da limpeza, houve redução no volume da mão de obra necessária. Sendo assim, o aumento na produtividade chegou também na limpeza profissional.

Na sequência, a terceirização da limpeza e seus serviços profissionais ganharam espaço, especialmente na limpeza de empresas do governo e empresas privadas de grande porte.

Sendo assim, tivemos uma mudança sem precedentes no cenário brasileiro, desde a limpeza profissional e até no cenário da limpeza caseira. A exigência por melhores materiais de limpeza e serviços de limpeza de qualidade, passou a ser o novo norte.

É correto dizer que os materiais de limpeza e os serviços de terceirização também passaram a ser analisados sobre o prisma do retorno sobre o investimento, uma vez que o seu valor unitário era maior em relação aos produtos até então utilizados.

Sem sombra de dúvida, passaram a ser adicionados também os impactos sobre a saúde e ao meio ambiente. Afinal de contas, a limpeza é responsável diretamente pelo nosso nível de saúde.

Importância dos Materiais de Limpeza

Apresentamos aqui também os dados da principal associação do setor da limpeza profissional, a Abralimp. Essa associação congrega empresas que atuam no mercado brasileiro como fabricante de materiais de limpeza, distribuidor de material de limpeza e prestadores de serviços de limpeza profissional.

Tal associação estimou, em um estudo de 2012, que o segmento de limpeza profissional movimentou um valor próximo a 19 bilhões de reais.

Volume de empregados

Ao passo que na época, o setor de materiais de limpeza empregava mais de 760 mil pessoas em cerca de 16.500 empresas, sendo distribuído entre os prestadores de serviço e o setor de distribuição e produção de material de limpeza.

Abaixo veja a distribuição das empresas do setor:

  • Prestadores de Serviços de Limpeza Profissional – cerca de 13.200 empresas
  • Fabricantes, Importadores e Distribuidora de material de limpeza – cerca de 3.300 empresas

Agora que já abordamos um pouco sobre a história do material de limpeza, bem como a sua relevância no mercado nacional, vamos trazer um importante tema para preparar nossos conhecimentos e adentrarmos profundamente em nosso manual.

O Ciclo Sinner: O que é? E qual sua importância para o material de limpeza?

Ciclo de Sinner

Diagrama do Ciclo de Sinner – Google

O que é o Ciclo Sinner?

O Ciclo de Sinner é uma teoria que demonstra quais são os principais agentes da limpeza, seja ela profissional ou caseira, e atribui percentuais de atuação e equilíbrio entre tais agentes.

O Ciclo de Sinner é composto por 4 agentes que são: a ação química, a temperatura, o tempo de ação e a resistência mecânica. Todos agem sobre objetos definidos como “sujeira” e fazem parte de uma receita de limpeza, que definimos como “processo”. Vamos explicar um pouco mais sobre cada agente:

  1. Ação Química – Efetuada de um modo geral pelos Produtos Químicos de Limpeza;
  2. Tempo de Ação – Tempo em que os Materiais de Limpeza e a ação mecânica atuam sobre aquilo que se deseja remover;
  3. Temperatura – Temperatura da solução do material de limpeza ou até mesmo da superfície do substrato. Isto é, o objeto que estiver sendo limpo;
  4. Ação Mecânica – Realizada pelas máquinas, equipamentos e acessórios de limpeza.

Qual a vantagem de se conhecer e utilizar o Ciclo de Sinner no uso de material de limpeza?

Ao conhecer e combinar de forma equilibrada e simultânea esses quatro agentes, temos como resultado a limpeza final, onde possivelmente aumentamos a qualidade final da tarefa, bem como passamos a ter a chance de gerar economia em muitos fatores, até mesmo no material de limpeza ou mão de obra.

Devemos manter sempre em mente que esses fatores devem ser equilibrados, ou seja, se tivermos menor quantidade de um agente, o outro deve ser compensado em quantidade maior. Os fatores são variáveis e podem ser combinados de diversas maneiras e proporções, mudando de acordo com o tipo e quantidade da sujeira.

Entendendo melhor a relevância da combinação desses motores, conseguimos obter resultados ainda melhores nos procedimentos de limpeza.

Concluindo nossa introdução, ao adicionar os conhecimentos relativos aos materiais profissionais, a um eficiente cronograma de limpeza e monitoramento, é a maior certeza de que os resultados serão ainda melhores do que eram no passado.

Gostaria de saber mais sobre cronograma de limpeza e até mesmo baixar um totalmente personalizável? Veja nossa postagem sobre cronograma de limpeza e baixe o seu diretamente em seu email.

Materiais Gratuitos – Manual de Limpeza e Desinfecção

Preencha o seu nome e email e receba o conteúdo em formato de [PDF]

    Grupo dos Materiais Químicos de Limpeza

    O que são os Materiais de Limpeza Químicos?

    Produtos químicos para limpeza são uma categoria de materiais que atuam na conciliação entre a eventual incompatibilidade entre a água e a sujeira que pretendemos remover. Sendo assim, torna-se possível a remoção da sujidade, através da água.

    Você se beneficiará em ler nosso artigo que aborda tudo sobre produtos químicos de limpeza.

    Acima de tudo, antes de conceituar todos os tipos de produtos químicos de limpeza para empresas e residências, iremos explicar como se dá o funcionamento desse agrupamento, acompanhe:

    Água ou produtos químicos: qual limpa mais?

    Você já se perguntou o que realmente limpa: a água ou os materiais de limpeza químicos? A resposta correta é a água, que realiza a limpeza de fato. Também com papel importante temos os detergentes limpadores que, conciliados à água, removem a sujeira de forma mais eficiente.

    Como funcionam os detergentes limpadores?

    A maior dificuldade na limpeza se deve há como dissolver a sujeira no veículo aquoso, especialmente se a sujeira não for compatível quimicamente com a água.

    Logo, são os ingredientes ativos químicos dos materiais de limpeza que promovem a incompatibilidade entre esses dois fatores.

    Vejamos abaixo, de acordo com a indústria Oleak, como funciona o processo de compatibilização:

    Como funciona a limpeza química?

    Na limpeza química, os ingredientes ativos dos limpadores reagem quimicamente com as sujeiras, que eram inicialmente insolúveis, tornando-as solúveis na água. Ocorre, portanto, uma reação química entre o limpador e a sujeira, alterando a composição molecular de ambos.

    Este processo pode ser facilmente compreendido com o seguinte exemplo: as gorduras e óleos vegetais e animais são insolúveis na água e, por isso, não são removidas facilmente. Contudo, elas reagem quimicamente com os álcalis (soda cáustica, amoníaco etc.) gerando, como produto da reação, sais solúveis na água.

    Sendo assim, neste processo, através da reação, modifica-se a estrutura química das gorduras insolúveis, que se transformam em sais solúveis, os quais se dissolvem facilmente na água, eliminando o problema e resultando na limpeza.

    Por esse motivo a maioria dos materiais de limpeza do grupo limpadores desengordurantes contém álcalis na composição (geralmente amoníaco ou soda cáustica). Esse é apenas um exemplo simples de como funciona a limpeza utilizando os materiais de limpeza adequados.

    A limpeza química, mencionada anteriormente, é eficiente, porém ela não consegue resolver tudo. Portanto, vejamos agora sobre a limpeza físico química na sequência.

    Como funciona a limpeza físico-química dentro de um material de limpeza?

    Existem outros tipos de sujeiras que são quimicamente estáveis e que não reagem com outros compostos. Ou, mais complexas ainda, outros produtos provenientes da reação que também são insolúveis na água.

    Em situações assim lançamos mão de produtos que atuam do modo físico-químico, tudo isso dentro dos materiais de limpeza químicos.

    No caso mencionado, não existe alteração da estrutura molecular da sujeira e nem dos princípios ativos dos limpadores. Assim, a limpeza se dá de duas formas: formação das couraças eletrostáticas ou pelo emulsionamento da sujeira em uma estrutura com o nome de “micelas”.

    Todavia, na limpeza profissional o cliente recebe apenas uma orientação final: “Use esse ou aquele material de limpeza”. No entanto, por traz de toda essa orientação, existe muita ciência que as vezes não fica evidente para quem apenas usa os produtos desatentamente.

    A seguir explicaremos de forma detalhada todo esse processo: 

    limpeza fisico quimica

    Limpeza Físico-Químico

    Sabemos que quando aproximamos dois imãs, com cargas opostas, eles se atraem. Entretanto, se virarmos um deles, invertendo a polaridade de um dos lados, eles se repelem. A mesma coisa acontece com a sujeira. Se as partículas de sujeira estiverem carregadas com a carga oposta à da superfície, haverá uma atração entre os dois corpos, por uma força que chamamos de “atração eletrostática”.

    Isto acontece muito frequentemente com a poeira e outros tipos de sujidades sólidas em forma de partículas.

    Em um automóvel, por exemplo, não adianta apenas jogar água para retirar a poeira pois ela está aderida eletrostaticamente. A carroceria dos veículos é ligada ao polo negativo da bateria, gerando uma força de atração muito forte. Deduz-se, portanto, que a fuligem e a poeira que normalmente se depositam sobre os carros possuam carga positiva.

    Em outras superfícies este mesmo efeito também ocorre devido à chamada “eletricidade estática”. A força de atração da eletricidade estática é forte o suficiente para impedir que a água pura, sem o auxílio dos limpadores, remova a sujeira aderida.

    Também existem algumas substâncias químicas que possuem a propriedade de formar uma couraça elétrica na superfície de outros materiais.

    Qual o papel dos tensoativos iônicos na limpeza?

    Estes componentes dos materiais de limpeza, conhecidos como “tensoativos iônicos”, formam uma película de carga inversa ao redor das partículas de sujeira. Dessa forma as partículas negativas são atraídas pela sujeira, formando uma couraça de carga inversa.

    Com isso feito, ao invés da atração entre sujeira e superfície, teremos um fenômeno oposto, com uma força de repulsão. As partículas de sujeira com polaridade invertida desgrudam da superfície e, pela força de repulsão, não tenderão a se depositar na superfície novamente. Sendo assim elas ficam dispersas no veículo aquoso, até que este seja removido e descartado.

    Os tensoativos aniônicos, presentes no material de limpeza, são formadores de couraças com cargas negativas, enquanto os catiônicos formam couraças com cargas positivas. O uso de um ou outro vai depender do tipo de sujeira e de superfície que se deseja limpar.

    O que é e como funciona a limpeza bioquímica?

    A limpeza bioquímica funciona em dois processos, sendo eles:

    • Desinfecção & biodigestão;
    • Desinfecção.

    Desinfecção

    O processo de desinfecção pelos materiais de limpeza é feito quando a sujeira a ser removida é uma sujeira biológica. Esse tipo de sujeira biológica normalmente é constituído por dejetos ou resíduos oriundos do metabolismo e da decomposição de microrganismos.

    As bactérias ou fungos, por exemplo, são organismos vivos e, sendo assim, originam secreções geradas no seu metabolismo. Dessa forma, há casos em que as secreções são nocivas à saúde e causam mal cheiro, onde podemos usar de algum material de limpeza.

    Os materiais de limpeza, específicos para desinfecção, contêm em sua composição produtos químicos que matam ou esterilizam os microrganismos, impedindo assim sua multiplicação.

    Quando os ingredientes ativos matam os microrganismos, denominamos o limpador de “desinfetante ou bactericida”.

    Da mesma forma, se ao invés de matar esse material de limpeza apenas impede a reprodução dos microrganismos, o produto é chamado de “desodorizante ou bacteriostático”.

    Biodigestão

    A biodigestão funciona na remoção de sujidades proteicas e gordurosas. Ela consiste no uso de enzimas e microrganismos digestores, presentes em alguns materiais de limpeza, que se alimentam de proteínas e gorduras, decompondo estas bactérias em estruturas menores e, por isso, solúveis.

    Todavia, por tratar-se de organismos vivos, os microrganismos biodigestores exigem condições especiais para que se possa executar a limpeza, como controle de temperatura e pH. Por isso, o material de limpeza exige maiores cuidados durante os processos de higienização.

    Seguem abaixo ilustrações para elucidar as explicações anteriores:

    limpeza quimica

    Diagrama Funcionamento da Limpeza Físico Química

    emulsionamento

    Diagrama Limpeza por Emulsionamento de Micelas

    Quais tipos de materiais de limpeza existem?

    Há incontáveis tipos de materiais de limpeza. Para melhor grau de compreensão selecionamos aqueles mais relevantes e que farão toda a diferença na sua forma de realizar limpeza, seja em casa ou no seu ambiente de trabalho.

    Também demonstraremos quais os segmentos empresariais que mais dependem de cada material de limpeza. Afinal, cada nicho demanda de uma forma específica de limpeza do ambiente, com suas particularidades. Por isso, iremos desenvolver detalhadamente quais são elas e como adaptar a limpeza em cada local.

    Abordaremos as seguintes divisões empresariais, elucidando suas particularidades:

    • hospitais;
    • cozinhas profissionais;
    • escolas;
    • condomínios;
    • comércio;
    • escritórios;
    • indústrias;
    • empresas de limpeza.

    Cabe aqui oferecer a leitura de mais um ótimo artigo que conta tudo o que você precisa saber sobre biossegurança. Entenda o que é, como ocorre e de que maneira pode ser aplicada em seu ambiente de trabalho. Vale frisar que esse artigo foi desenvolvido pelo nosso setor técnico e aborda detalhes sobre protocolos de limpeza modernos.

    Por fim, agora que apresentamos como é o funcionamento dos materiais de limpeza químicos, vamos para a tão esperada lista dos materiais mais relevantes para você em sua casa e trabalho, acompanhe:

    Quais os principais produtos de materiais químicos de limpeza?

    Detergente Neutro:

    detergente neutro

    Detergente Neutro

    O detergente neutro é um produto químico de limpeza responsável pela higienização mais básica das superfícies e utensílios. Está entre os materiais de limpeza mais presentes em listas de produtos de limpeza, seja para empresas ou residências.

    O pH desse produto é neutro, por isso o nome: detergente neutro. Essa palavra também sinaliza ao usuário que esse item em questão tem baixa agressão ao objeto ou à superfície a ser limpa.

    Aliás, se deseja saber mais sobre o papel do pH na limpeza, preparamos esse artigo para explicar sua importância.  Nele voce também encontrará a opção de baixá-lo em PDF em seu email.

    Esse produto reduz a tensão da superfície da água e faz com que ela penetre na sujeira, e dessa forma possa ser removida.

    As aplicações mais usuais do detergente neutro são:

    • Lavagem de louças, talheres, bancadas, paredes e todo tipo de superfícies de uma cozinha industrial ou caseira;
    • Uso em lavanderias, porém com uma configuração completamente diferente e ajustada para tecidos;
    • Limpeza de todos os pisos e paredes de qualquer ambiente.

    Nas cozinhas de nossas casas ou empresas é praticamente imprescindível a existência de um detergente neutro, seja em sua versão líquida ou em barra para lavar as louças.

    Existem outros tipos de detergente além do neutro. Há aqueles que se destinam à lavagem de louças em máquinas, e existem também detergentes desengraxantes. Há também os hospitalares, e aqueles específicos para máquinas que lavam carpetes, além de inúmeros outros dentro dos materiais de limpeza.

    Sabão em Barra:

    O sabão em pedra, ou sabão em barra, é muito comum no ambiente doméstico, porém, ele é incomum em ambientes profissionais, a não ser pelo hábito dos profissionais de limpeza de lavar pano de chão com esse tipo de produto.

    Mas, você conhece e sabe qual é a diferença entre o detergente e o sabão? A diferença entre o detergente e o sabão de pedra é basicamente a origem do princípio ativo. No detergente temos ativos de origem mineral (derivados de petróleo) e no sabão em barra o ingrediente ativo tem origem animal ou vegetal, especialmente proveniente de gordura animal ou óleo de fritura por exemplo.

    Existem muitas receitas de sabão em barra, e de um modo geral, todas levam soda cáustica e óleo ou gordura caseira. Tudo isso somado a uma alta temperatura na sua fabricação.

    O processo dessa fabricação, apesar de não parecer complexo, apresenta riscos para quem estiver o produzindo. É muito mais complexo do que parece, e a fabricação de sabão em barra demanda um alto cuidado e um amplo conhecimento dos processos específicos de sua produção.

    Portanto, para a sua segurança, não aconselhamos a produção caseira de nenhum material de limpeza, nem mesmo do sabão caseiro.

    Contudo se tiver interesse em conhecer algumas novidades em relação a como usar o sabão de lavar louças, clique e conheça profundamente o tema, nesse artigo que preparamos para nossos clientes mais exigentes.

    Se você deseja saber ainda mais sobre sabonetes, veja as opções de limpeza e proteção para a pele que a Hygisoap oferece.

    Desinfetantes:

    produto desinfetante

    Esse tema é bem importante e tem até um artigo especial dedicado onde elucidamos a diferença entre limpeza e desinfecção para entender os atributos que diferenciam esses dois tópicos.

    O que é material de limpeza desinfetante?

    O desinfetante é um material de limpeza destinado a eliminação de germes de qualquer tipo de superfície ou ambiente.

    Quando somos questionados a relacionar um produto de limpeza, tipo o desinfetante, com um ambiente, sempre pensamos em banheiros. No entanto os sanitários, sejam eles das empresas ou de nossas casas, têm necessidades maiores que simplesmente “passar” um desinfetante.

    Em nosso artigo dedicado sobre produtos para banheiros, você poderá ver em detalhes, como limpar os banheiros, observando quais produtos e técnicas necessárias para eliminar os microrganismos desse ambiente.

    A ANVISA, Agência Nacional de Vigilância Sanitária, cobra e monitora as documentações necessárias às fabricas destinadas a produzir esse material. O corpo técnico da ANVISA dita as normas que devem ser levadas em consideração para a produção e comercialização dos saneantes de um modo geral. De acordo com ela, os saneantes “são substâncias destinadas à higienização e desinfecção domiciliar e de ambientes coletivos”.

    O tipo mais comum de desinfetante é aquele para o uso geral. Para levar essa classificação deve ser comprovada a sua ação bactericida frente a duas bactérias importantes: staphylococcus aureus e salmonella choleraesuis.

    Desinfetante de uso geral

    O uso desse desinfetante é, como o nome indica, de uso geral, ou seja, não se aplica para eliminação de germes de lugares específicos, como os relacionados aos ambientes da área da saúde, por exemplo.

    Na área da saúde os desinfetantes são classificados em diversos outros tipos. O mais conhecido entre eles é o desinfetante hospitalar de superfícies fixas e artigos não críticos, que mesmo com esse nome específico é também um material de limpeza.

    Essa categoria deve comprovar no mínimo a eliminação das 2 bactérias que já citamos acima (staphylococcus aureus e salmonella choleraesuis) juntamente com outra ainda mais resistente chamada pseudomonas aeruginosa.

    Alguns desinfetantes hospitalares têm atuação extra contra bactérias multirresistentes, como a KPC, a Clostridium Difficile, MRSA, VRE, além de fungos, como a Candida Auris, entre muitos outros tipos.

    Entre os produtos líderes de mercado e em nossa linha de material para desinfecção hospitalar, devemos dar destaque ao Optigerm, uma linha completa de desinfetantes especiais e presente em hospitais de alto nível de exigência e referência pelo país.

    Há alguns materiais de limpeza que também levam o nome de desinfetante pela população, tais como: sanitizantes e desodorizantes. Todavia, há diferenças importantes em cada um desses itens, e vamos agora entender a diferença dos dois.

    Sanitizante: produto que reduz a quantidade de bactérias das superfícies para níveis menos críticos aceitáveis pelas normas de saúde, dependendo do ambiente a ser higienizado.

    Desodorizante: produto que tem por objetivo controlar os odores desagradáveis ao ser humano.

    Abaixo apresentamos uma tabela que demonstra quais são os micro-organismos que devem ser eliminados pelos materiais de limpeza, de acordo com as principais classificações dos desinfetantes.

    Classificação dos tipos de desinfetantes e os micro-organismos a serem eliminados:

    • Desinfetantes:
      • Desinfetante de uso geral: Staphylococcus aureus, Salmonella choleraesuis
      • Desinfetante para indústria alimentícia: Staphylococcus aureus, Salmonella choleraesuis, Eschericia coli
      • Desinfetante do tipo hospitalar para superfície fixa e artigo não crítico: Staphylococcus aureus, Salmonella choleraesuis, Pseudomonas aeruginosa
      • Desinfetante para lactários: Staphylococcus aureus, Salmonella choleraesuis, Eschericia coli
      • Desinfetante para água de consumo humano: Enterococcus faecium, Eschericia coli
      • Desinfetante para roupas: Staphylococcus aureus, Salmonella choleraesuis
      • Desinfetante para roupas hospitalares: Staphylococcus aureus, Salmonella choleraesuis, Pseudomonas aeruginosa
      • Desinfetante para piscinas: Enterococcus faecium, Eschericia coli
    • Desinfetante do tipo sanitizante:
      • Sanitizante para uso geral: Staphylococcus aureus e Salmonella choleraesuis
      • Sanitizante para indústria alimentícia: Salmonella choleraesuis, Eschericia coli e Staphylococcus aureus
    • Desinfetante do tipo desodorizantes: Staphylococcus aureus e Salmonella choleraesuis

    A lavanderia também é um segmento muito relevante quando falamos sobre o material de limpeza desinfetante. Afinal, as peças de roupa entram em contato constante com diversos tipos de microrganismos ao longo do dia. Por isso, devemos sempre fazer uso do material de limpeza correto, eliminando as bactérias e desinfetando peças sem estragar seu tecido.

    O que diferencia muito os desinfetantes dentro das mesmas categorias é o tipo dos princípios ativos e a quantidade desses ativos dentro de cada produto. Sendo assim, é também variado o tempo necessário que o desinfetante leva para eliminar as bactérias, bem como a necessidade ou não de limpeza prévia.

    Ainda falando sobre desinfetantes, já preparamos umartigo muito útil que elucida uma série de detalhes sobre a sanitização de ambientes.

    Aromatizante de ambientes:

    materiais de limpeza

    Tipos de Aromatizadores

    É importante saber que os aromatizantes de ambientes atuam de um modo diferente dos desinfetantes. Eles perfumam os ambientes, enquanto os desinfetantes têm o potencial para eliminar germes, podendo, às vezes, também aromatizar ambientes.

    Sendo assim, o aromatizante de ambiente tem muitos sinônimos e é utilizado também por empresas e residências. Dentro dessa categoria, temos vários tipos de materiais de limpeza diferentes, como podemos ver abaixo alguns tipos para esclarecer para você:

    Tipos de Aromatizantes:
    • Desinfetantes perfumados: são produtos líquidos que perfumam e podem ser passados nos pisos ou/e em outras superfícies. Nesse caso, desinfetamos ao mesmo tempo que aromatizamos, desde que respeitada a diluição do material;
    • Spray desodorizador pode ser utilizado de modo manual nos momentos que desejamos apenas perfumar o ambiente;
    • Desodorizadores automáticos: podem ser programados para perfumar ambientes, e são acionados com uso de pilhas, eletricidade ou mesmo pela ação do vento;
    • Difusores de ambientes: direcionados ao ambiente doméstico, são frascos contendo líquidos perfumadores e varetas de madeira que conduzem o perfume para o ambiente;
    • Neutralizadores de odor: são produtos líquidos que podem ser pulverizados ou aplicados sobre as superfícies. Estes têm o potencial de eliminar o odor característico de algo. Ele pode, ou não, também deixar alguma fragrância, como é o caso do produto neutralizador de ambientes Haroma Multi-Ação.

    Com toda essa variedade de produtos, podemos causar uma ótima impressão no ambiente caseiro ou profissional, mas sempre devemos manter em mente que há aqueles produtos que apenas mascaram os aromas indesejáveis e não eliminam ele.

    É válido lembrar que o mais recomendável é sempre encontrar a fonte desse mal odor para que a origem do cheiro também seja eliminada.

    Também já preparamos um conteúdo completo sobre tudo que você precisa saber sobre os aromatizadores de ambientes.

    Detergentes Clorados:

    material de limpeza

    Cloro em Gel

    O grupo de materiais de limpeza “clorados” tem uma quantidade de oferta e uso muito extensa.

    Os detergentes clorados combinam a força de desinfecção e branqueamento do cloro, com a potência de alguns detergentes limpadores. Esses dois fatores juntos podem exercer uma grande eficácia na limpeza.

    Os materiais de limpeza que tem o cloro como o seu princípio ativo tiveram uma redução de uso muito importante em alguns segmentos. Por exemplo, nos materiais de limpeza para hospitais. Eles estão praticamente em extinção quando falamos sobre limpeza terminal e limpeza concorrente nas superfícies fixas hospitalares, como você pode ver em nosso artigo sobre esse tema.

    Alternativas de princípios ativos na desinfecção:

    Para esses ambientes há outros princípios ativos que trazem muito mais vantagens do que os produtos clorados. Tais quais: PHMB, peróxido de hidrogênio e quaternário de amônia, ambos com artigos dedicados em nosso blog que você pode ler clicando em cada um de seus nomes.

    Já no ambiente da limpeza doméstica e de pequenas empresas, as pessoas ainda utilizam em larga escala os detergentes clorados, seja sob o nome de “cloro”, “hipoclorito” ou até mesmo “água sanitária”.

    Apesar de serem produtos extremamente eficientes para a limpeza de ambientes caseiros ou de trabalho, eles trazem alguns riscos à saúde quando misturados a outros produtos. Essas misturas podem liberar gases tóxicos que podem fazer mal a pessoa exposta a eles. Esse tema já foi abordado em nosso blog de limpeza profissional no artigo “água sanitária, cloro e seus perigos para a saúde“.

    Com o mesmo intuito de alertar sobre possíveis riscos que podem causar, também já redigimos um conteúdo de alerta sobre os males que o hipoclorito de sódio pode causar a nossa saúde quando manipulado de maneira errônea. 

    Quando o quesito é a preservação das superfícies, o risco está no fato dos detergentes clorados serem corrosivos em alguns objetos.

    No entanto, temos os produtos que são produzidos nas fábricas de materiais de limpeza, já combinando cloro e detergentes. Eles podem nos trazer benefícios quando utilizados corretamente, já que a sua concentração de cloro não é tão elevada quanto no cloro puro, havendo equilíbrio químico entre os componentes.

    Para a limpeza de cozinhas industriais, a força de um produto desse tipo, traz rapidez na limpeza e segurança na desinfecção. Em indústrias alimentícias o seu uso também é de grande valia, especialmente nas limpezas de tubulações e tanques. Até mesmo na chamada limpeza CIP, Clean In Place.

    Essa combinação potente e eficaz pode ser encontrada em diversos produtos de nossa linha, como o cloro em gel Garra Chlor da Oleak.

    Alvejantes sem cloro:

    Nesse grupo de produtos o destaque vai para o segmento de lavanderia, onde produtos como tira-manchas para roupas coloridas e para roupas brancas entrou no nosso dia a dia já há algum tempo.

    Se antes apenas o cloro clareava roupas branca, agora um tira-manchas passa a clarear também roupas coloridas, com pouca agressão aos tecidos. Isso é graças ao o peróxido de hidrogênio, hoje amplamente presente em material de limpeza de uso geral.

    Saindo da lavanderia e indo direto para a limpeza de ambientes, o peróxido de hidrogênio para a higienização também ganhou um grande espaço seja na limpeza de residências ou empresarial.

    Em conclusão, esse tipo de material de limpeza é menos agressivo, além de não fazer mal ao meio ambiente, também desempenhando muito bem o papel de desinfetante, seja para uso doméstico, comercial ou hospitalar.

    Recomendamos um artigo bem completo sobre tudo sobre alvejantes sem cloro que pode lhe ajudar a entender ainda melhor esse tema em relação ao conhecido cloro.

    Detergentes desengraxantes:

    detergente desengraxante

    Desengraxante Synd 250 da Oleak

    Nessa categoria de material de limpeza o foco é a limpeza pesada, que será realizada em ambiente com muitas sujidades como graxa e óleos, exigindo grande esforço devido à natureza insolúvel desses componentes. Ou seja, somente com água a limpeza não seria possível.

    Antes da invenção dos desengraxantes à base de água, solventes como o querosene eram usados exclusivamente para a limpeza.

    Os desengraxantes de uso industrial são utilizados principalmente nas indústrias pesadas como metalúrgicas, indústria automobilística, usinas, etc.

    Para saber como escolher os diversos tipos de desengraxantes industriais ou até os desengraxantes de mãos, acesse nosso artigo que vai te auxiliar muito nesse processo.

    C8- Banner artigo campanha de industrias

    Produtos eficientes para limpeza pesada de indústrias. Facilite a sua limpeza.

    Esse produto pode ser encontrado em versões de pH neutro, alcalino ou a versão mais famosa líquida chamada de “Solupan”.

    Além disso, com melhor conscientização ecológica com o passar dos anos, passamos a utilizar produtos que possuem uma base de água por serem menos poluentes ao meio ambiente.

    Hoje a indústria química, bem como a nossa, já produz desengraxantes e produtos de limpeza biodegradáveis que tem alto poder de limpeza e baixo impacto para o meio ambiente.

    Aproveite e leia nosso artigo sobre produtos de limpeza biodegradável e se conscientize sobre esse tema tão importante.

    Produtos Desengordurantes:

    desengordurante

    Desengordurante

    Esse tipo de material de limpeza tem um nível de importância ainda maior, já que agora falamos de produtos que auxiliam na higienização de instituições que manipulam alimentos.

    No ramo alimentício a presença de gordura animal é grande e se faz necessária uma categoria especial para a limpeza profunda e diária, que deve zerar a sujidade em todos os turnos de funcionamento dos estabelecimentos.

    Por ser um setor onde a limpeza correta é imprescindível, dedicamos especial atenção a esse tema e redigimos um extenso e completo manual e guia prático sobre a RDC 216 04 com boas práticas de limpeza e higienização.

    Quando a gordura se torna carbonizada pelo processo de produção dos alimentos ou quando o ambiente tem uma frequência de limpeza inadequada, pode ser necessário um outro tipo de desengordurante ainda mais forte.

    Nesse caso, se faz necessário o uso de desincrustantes alcalinos, que têm alta potência na eliminação desse tipo de sujidade. Vale dizer que desincrustantes, quando utilizados em altas temperaturas, apresentam melhores resultados no processo da limpeza. Podemos ver nesse vídeo de como limpar chapas de lanches após um dia longo de uso, com o uso de temperatura.

    Há muitos anos, apenas com os detergentes amoniacais que se era possível remover a gordura das cozinhas profissionais. No entanto, hoje temos uma grande variedade de desengordurantes menos agressivos que dão conta do recado sem prejudicar nossa saúde ou exalar forte odor característico.

    Saiba nessa postagem como escolher desengordurante profissional de maneira detalhada, para utilizar da melhor forma em sua cozinha.

    Materiais de Limpeza: Limpa Vidros.

    material de limpeza

    Limpa Vidros

    Devido a pureza de seus princípios ativos, produtos limpa vidros, devem limpar vidrarias sem danificar e nem embaçar o material em questão. No entanto, outras superfícies também podem ser limpas com eles, como cristais, espelhos, fórmicas e demais superfícies de alto nível de brilho. Seu nível residual é mínimo, o que deixa a aparência das superfícies impecável.

    Se a limpeza for realizada fora de superfícies ensolaradas o nível de acabamento e transparência fica ainda melhor e o trabalho rende muito mais.

    É sempre válido salientar que limpa vidros foram desenvolvidos especificamente para esse tipo de superfície. Portanto, não apresentam bons resultados em higienizar demais materiais.

    Se você deseja saber ainda mais detalhes sobre esse tipo de material de limpeza, veja também nosso artigo sobre limpa vidros em nosso blog.

    Material de Limpeza: Limpador Multiuso

    limpador multiuso

    Limpador Multiuso

    O Limpador Multiuso é um material de limpeza muito popular nos lares. Como bom exemplo dessa classe, temos o famoso “Veja”, que é um campeão de vendas nesse segmento. Esses produtos multiuso são usados em nossas casas e nas pequenas empresas devido a sua praticidade.

    Muitas vezes são comprados prontos, sendo utilizados para limpeza de mobília, paredes e pisos.

    Contudo, se o interesse é a segurança, qualidade de limpeza e até mesmo a redução de despesas, devemos considerar usar os materiais de limpeza concentrados, que você poderá saber mais sobre suas vantagens de uso de produtos concentrados em nossa postagem sobre esse tema.

    Materiais de Limpeza: Sabonetes de Uso Empresarial.

    material de limpeza

    Refil Sabonete Espuma

    Por se tratar de um material de limpeza que entra diretamente em contato com nossa pele, deve ser muito bem selecionado, para evitar irritações ou complicações mais graves, já que o utilizamos diversas vezes ao dia.

    Aqui daremos destaque aos sabonetes utilizados nos ambientes de trabalho. Para que sejam comercializados, devem ter suas notificações ou seus registros na ANVISA e possuir alto volume de hidratantes para que o produto não retire a hidratação natural de nossas mãos.

    Um fator de extrema relevância é a maneira correta de higienização das mãos para que a limpeza do sabonete seja realmente efetiva. Para isso, também já preparamos um material dedicado, onde você poderá conferir como lavar suas mãos corretamente, além de conferir um vídeo passo a passo sobre o assunto.

    Dentre as principais funções dos sabonetes, temos os bactericidas, que são aqueles com a função de desinfetante para as mãos. Existem também os sabonetes desengraxantes que são mais utilizados nas indústrias metalmecânica e oficinas de um modo geral.

    Forma dos Sabonetes:

    Os sabonetes se apresentam de forma líquida, de sabonete espuma, em gel ou em barra. No quesito embalagens, podemos encontrá-los em galões de cinco litros, em forma de refil de sabonete líquido, refil de bag para dispensers, dentre outras opções menos comuns.

    Para conhecer muitas opções e saber escolher o mais adequado, levando em conta suas formas, tipos e embalagens, preparamos um artigo em que compara o uso dos sabonetes líquidos ou sabonete espuma para empresas.

    Devemos ter em mente também a importância dos dispensers para sabonete e álcool em gel ou espuma. A seleção deste material de limpeza nas empresas é mais delicada do que quando escolhemos um dispenser para a nossa casa. Isso porque o equipamento é o responsável direto pela qualidade do armazenamento do produto, bem como pela liberação da quantidade correta de sabonete no momento do uso, evitando desperdício e prejuízo financeiro.

    Para te auxiliar nessa missão, já redigimos um artigo onde você encontrará diversas dicas e instruções para ficar atento ao escolher o seu próximo dispenser de sabonete líquido e papel toalha.

    Álcool Gel Antisséptico

    alcool gel

    Álcool em Gel

    Esse material de limpeza sempre foi disponibilizado em muitas versões, passando pela função de desinfetante de mãos, ou de limpeza de superfícies. Podemos encontrá-lo em diversas embalagens, como por exemplo, em álcool gel de mesa, em forma de chaveiro ou até pendurados em bolsas.

    Independente de suas versões, o foco deve ser sempre a qualidade, uma vez que estamos tratando de um produto destinado à nossa pele. Se a qualidade do produto não for das melhores, o álcool em gel pode ressecar a mão e até trazer alergias.

    Nesse artigo sobre o por que não usamos álcool gel o suficiente, você encontrará os principais motivos pelos quais as pessoas deixam de usar o álcool gel na frequência correta.

    Falando nisso, existem álcool em gel que possuem um elevado nível de hidratante, como já dissemos nessa postagem de como escolher o melhor álcool gel hidratante para você e sua empresa.

    Trazemos também nosso guia de informações contendo tudo sobre o álcool gel antisséptico.

    Material de Limpeza: Álcool de Limpeza Geral:

    material de limpeza

    Álcool na Limpeza

    O álcool é um material de limpeza geral muito utilizado em nossas casas e em nossos locais de trabalho. No entanto, você sabia que ele não é tão eficiente quanto pensamos quando se trata de limpeza?

    O álcool acaba por ressecar materiais plásticos, não desinfeta de forma segura, é mais caro que diversos detergentes e limpadores, além de oferecer riscos para a saúde e de acidentes domésticos, como queimaduras e incêndios.

    Ele ganhou notoriedade devido a sua secagem rápida e popularidade quando relacionado ao ambiente hospitalar com o álcool 70 e o álcool desinfetante. Além disso, ele também ganhou espaço na limpeza de pequenos ambientes ao se passar um pano embebido em álcool em superfícies diversas e notar uma alta dose de sujeira removida, associando assim, essa ação com uma limpeza forte e imediata.

    Contudo, não indicamos seu uso indiscriminado na limpeza, uma vez que ele apresenta riscos à saúde e passa a falsa impressão de que desinfeta as superfícies, como já explicitamos em nosso artigo contendo cinco motivos para não se utilizar álcool na limpeza, que você encontra em nosso blog.

    Materiais de Limpeza: Limpadores de Pisos

    limpador de pisos

    Limpador Pinho

    Geralmente as maiores superfícies a serem limpas são nossos pisos, sejam eles em áreas internas ou externas.

    É importante lembrarmos que os pisos podem ser classificados por “pisos quentes” e “pisos frios”. Os pisos chamados quentes, são os carpetes, laminados, pisos de madeira, etc. Neles evitamos o uso de água e, quando utilizamos, devemos fazer o uso de modo moderado e com prudência, para evitar danos a superfície.

    Pisos quentes:

    Para limpeza de carpetes, especialmente se o objetivo for a higienização de grandes áreas, o correto é preparar-se para realizar uma manutenção de boa qualidade e também se atentar a limpezas restaurativas, essas de menor frequência. Para isso, comumente contamos com serviços de profissionais. como dissemos em nossa postagem sobre limpeza de carpetes em nosso blog.

    Se o piso for de madeira, é indicado com que recebam impermeabilização do tipo “synteko” ou “bona”. Dessa forma eles podem passar a receber limpeza úmida tal como um piso frio. O uso de cera acrílica também é recomendado nesse caso, desde que usado com moderação.

    Aliás, para saber mais sobre ceras acrílicas para pisos, veja nosso artigo sobre como escolher cera acrílica.

    Sobre o piso laminado, não recomendamos o uso de limpeza com um grande uso de água, já que essa prática pode danificá-lo e até mesmo soltá-lo do contrapiso. Afinal o correto é utilizar a limpeza úmida com um bom limpa pisos de qualidade, a fim de não agredir o laminado e mantê-lo em bom estado de conservação.

    Para conhecer melhor as técnicas de limpeza de pisos, acesse nosso artigo sobre a limpeza de pisos encardidos.

    Pisos frios:

    O piso frio é por definição um tipo de piso lavável, sem restrições de volumes de água. Alguns tipos podem ser encerados com ceras liquidas impermeabilizantes enquanto outros não têm aderência de ceras. Por isso é importante conhecermos nosso piso e entendermos quais produtos podem ser utilizados nele.

    Os limpadores desse tipo de piso devem ser escolhidos levando em consideração o tipo de sujeira predominante, e a sujeira que se tem maior dificuldade de remoção.

    Por exemplos, caso o piso de sua garagem apresente um volume de poeira e de óleo de motor, sujeira de maior dificuldade de remoção, devemos escolher um material de limpeza que seja um detergente desengraxante.

    Limpadores serais e seletivos.

    Caso a sujeira a ser removida seja de uma reforma ou uma construção finalizada, geralmente são de natureza mineral como cimento, gesso e poeira. Sendo assim, é possível que um limpador ácido seja requerido. Isso faz com que a escolha seja por um “limpador seletivo”.

    No entanto, se em sua casa ou trabalho exista um piso de porcelanato e a sujeira sobre ele seja a aquela característica do dia-a-dia, sem especificidades, a melhor escolha é por um “limpador geral”.

    Nesse caso, podemos fazer uso de um limpador geral potente que não deixe nenhum resíduo. Indicamos como sugestão profissional um detergente neutro para pisos ou um limpador com princípio ativo de peróxido de hidrogênio.

    Em nossa empresa, oferecemos o limpador Garra Oxiativo, que é um produto de altíssima qualidade e eficiência para o uso constante na limpeza de seu lar ou local de trabalho. Entre em contato conosco e saiba mais sobre o produto. Ele é perfeito para a limpeza de porcelanatos. E também um vídeo que repassa algumas dicas de limpeza de pisos de uma maneira prática e de fácil entendimento.

    Materiais de limpeza pós-obra

    materiais de limpeza

    Limpador Ácido

    Ao falar sobre esse material de limpeza, devemos destacar os limpadores ácidos, que não atuam somente sobre os pisos, mas em todas as superfícies. Eles podem ser utilizados em paredes, louças sanitárias e em quase todas as superfícies laváveis que foram reformadas ou construídas.

    O material de limpeza ácido em questão requer muita atenção e responsabilidade, uma vez que estes são corrosivos e podem estragar facilmente as superfícies. No entanto, quando usados por profissionais, eles definitivamente agilizam o trabalho de limpeza e entregam maior qualidade.

    Temos um artigo escrito especialmente sobre como realizar uma limpeza pós obra, onde você poderá entender mais profundamente como esse tipo de limpeza funciona.

    Materiais de limpeza de carpetes.

    limpador de carpetes

    Limpa Carpetes

    Esse tipo de material de limpeza tem seu maior consumo em ambientes profissionais do que em residências. Isso se dá devido aos preconceitos em relação ao piso de carpete, como por exemplo, o estigma de que ele é difícil de limpar e transmite doenças por acumular poeiras.

    Em muitos países esse piso tem grande aceitação e demonstra exatamente o contrário: o carpete é simples de limpar, desde que tenhamos os equipamentos e frequência de limpeza adequados.

    Esse tema foi amplamente abordado no artigo sobre como fazer uma limpeza de carpetes efetiva, onde você pode acessar e aprender tudo sobre esse tipo de piso e como limpar. Também trazemos nosso conteúdo sobre limpeza de sofás de tecido caso também lhe interesse.

    Material de Limpeza: Cera Acrílica Líquida

    material de limpeza

    Cera Acrílica

    Esse grupo de material de limpeza tem o objetivo de embelezar, facilitar a limpeza e proteger os pisos enceráveis. São mais comuns em ambientes de grandes lojas, shoppings e hipermercados, mas também existem no ambiente doméstico.

    É crucial fazer uma escolha técnica para a compra de ceras, uma vez que elas devem ter as características já mencionadas ao longo desse artigo em tópicos anteriores. Devemos garantir que esse produto traga as qualidades de ser antiderrapantes e fáceis de remover quando assim desejarmos.

    Sempre que necessário devemos buscar empresas e assistência especializadas, a fim de que nossos pisos sejam avaliados para que a orientação do tipo de cera seja objetiva e assertiva.

    Em nossa linha apresentamos cerca de 12 tipos diferentes de ceras, com diversos princípios ativo de produto, bem como a concentração de ingredientes sólidos presentes nele. Para te auxiliar na escolha, desenvolvemos um artigo que detalha mais sobre as diferenças entre as ceras e suas vantagens, como a cera acrílica e outros tipos.

    Papéis Sanitários

    Papel-Toalha-Bobina

    Caixa de Papel Toalha

    Os papéis Sanitários (ou “tissue”) são desenvolvidos para cuidados com a pele humana. Devem ser resistentes, suaves e absorventes. Os seus tipos são: papel toalha, lenços de papel, guardanapos e papel higiênico. Suas fibras podem ser compostas por celulose 100% virgem, recicladas ou combinadas entre aparas e fibras virgens”

    Relacionaremos a seguir os principais tipos de papéis sanitários e tissue. Sempre considere que eles podem ser produzidos em folhas simples, duplas, triplas e outras.

    Existe uma grande variedade de papéis, diferenciados também em relação a sua gramatura e composição, permitindo uma grande diferenciação entre os produtos quando o quesito é qualidade e rendimento.

    banner mobile produtos c2 programa de fornecimento de dispenser

    banner desktop produtos c2 programa de fornecimento de dispensers

    Sendo assim na sequência, demonstraremos os tipos de papéis sanitários mais comuns que estão presentes na maior parte das listas de material de limpeza, seja em lares ou ambientes comerciais.

    Materiais de limpeza: papel toalha.
    papel toalha

    Caixa de Papel Toalha Interfolha

    Trata-se de uma categoria de material de limpeza que é destinada a secagem das mãos e algumas operações de secagem de equipamentos e superfícies diversas. É descartável e fabricado sempre com celulose, às vezes 100% virgens, com composições entre fibras virgens e recicladas e até 100% recicladas.

    Tem importante papel na higienização das mãos e é um complemento quando a lavagem foi realizada antes da forma correta.

    Ademais, temos um artigo onde damos 9 dicas de como escolher o papel toalha ideal, especialmente para os ambientes empresariais.

    Outro aspecto sobre a higiene das mãos é sobre motivo de se evitar o uso secadores de mãos elétricos, com uma comparação entre a secagem das mãos com papel toalha e secadores elétricos, com esse último trazendo potencial para contaminar mãos e o ambiente.

    Material de limpeza: papel toalha em rolo ou rolão.
    papel toalha rolao

    Papel Toalha em Rolo

    Como o nome diz, esse papel toalha vem em formato de rolo e deve ser encaixado no tipo correto de dispenser.

    Esse tipo de material de limpeza, diferente de sua versão interfolhada, proporciona redução no consumo de metragens do papel toalha. Recomendamos esse sistema para empresas que tem alto fluxo de pessoas em seu interior, especialmente se utilizado em conjunto com o dispenser correto.

    Existem dispensers do tipo “mecânico”, onde o usuário toca somente a folha de papel que irá usar. Há o tipo “alavanca”, onde o cliente pode selecionar o tamanho da folha que pretende cortar. Existe ainda o “toalheiro eletrônico” que libera as toalhas de papel através de sensores que detectam a presença das nossas mãos.

    A maior vantagem desse sistema é a sua autonomia, quando comparado ao sistema interfolhado. Com uma carga de produto menor, ele pode secar em maior quantidade e qualidade.

    Material de limpeza: papel toalha interfolhada.
    papel toalha interfolhado

    Caixa de Papel Toalha 2 Dobras

    O papel interfolhado se apresenta em dois formatos: papel interfolha 2 dobras ou 3 dobras. Ambos indicados a ambientes de pequeno fluxo de pessoas.

    Contudo, ainda que normalmente se indique o uso para pequenos ambientes, existem estudos da combinação de uso do papel toalha de 3 dobras em dispensers de alta autonomia que proporcionam economia em larga escala.

    Material de limpeza: papéis higiênicos.

    papel sanitario

    Caixa de Papel Higiênico Rolão

    Você sabia que esse tipo de material de limpeza chegou ao mercado comercial apenas por volta de 1870? Existem indícios de que sua aparição e uso começaram no século VI, na China.

    Esse tipo de papel sanitário tem o objetivo de evitar as reposições constantes, ganhando com isso, tempo para a equipe de limpeza. Contudo, fique atento pois existe uma prática enganosa no mercado que é a venda do produto com uma metragem de 300 metros e entregar com metragem menor. Para isso, vale a leitura de nosso artigo sobre como escolher papel higiênico de 300 metros.

    Temos também um artigo que apresenta uma série de análises e sugestões sobre como escolher o papel higiênico ideal para sua empresa.

    Material de limpeza: papel higiênico interfolha ou do tipo “cai-cai”.
    papel higiênico

    Caixa de Papel Higiênico Cai Cai

    É uma versão muito higiênica, onde o usuário coloca sua mão apenas na folha que usará. Geralmente é ofertado em versões de muita maciez e alvura, sendo indicado para pequenos ambientes.

    Tanto esse quanto os outros papéis já apresentados, tem a necessidade de um dispenser específico para seu uso, equipamento este que costuma ter uma aparência refinada e de pequeno porte.

    Material de limpeza: papel higiênico rolão.

    materiais de limpeza

    Caixa de Papel Higiênico Rolo

    Esse produto é uma versão de papel higiênico industrial, com medidas de papel que vão de 200 até a 800 metros.

    A armazenagem desse sistema deve levar a maior atenção. Esse produto pode durar períodos longos dentro do banheiro. Sendo assim, há questões higiênicas que devem ser consideradas:

    • Como ele será cuidado?
    • Durante a limpeza do sanitário, ele será removido?
    • Se sim, por quem? Onde será colocado?

    Gostaria de conhecer mais opções profissionais de papéis para a sua empresa? Então visite o site da Optipaper,.com ofertas de maciez. resistência.

    Acessórios de Limpeza.

    O que é o acessório de limpeza?

    O acessório de limpeza é um tipo material de limpeza que participa da higienização, associado aos equipamentos e operadores, melhorando a qualidade e o resultado final.

    Nesse tipo de produto existe uma enormidade de itens de tipos, versões e modelos. Abordaremos a seguir os mais relevantes.

    Materiais de Limpeza: escovas de lavagem e vassouras.

    materiais de limpeza

    Pessoa recolhendo poeira com pá

    O ato de varrer é muito antigo e corriqueiro, fazendo com que a escolha por vassouras seja uma das mais frequentes por nós.

    Para algumas atividades mais complexas, existem modelos especiais, como por exemplo, escovar tubos em indústrias farmacêuticas ou alimentícias. Para isso, deve ser selecionado um material específico para essa limpeza, que seja facilmente esterilizável após seu uso.

    Em todo caso, não estamos falando apenas de vassouras de palha ou vassouras piaçava. Incluimos nesse material produtos especiais que são muito mais duráveis, com muitos modelos diferentes, inclusive aqueles com distinção de cores para diversos ambientes e que são fáceis de desinfetar e esterilizar.

    Materiais de limpeza: vassouras tipo mop água e mop pó.

    material de limpeza

    Profissional passando mop água no piso

    O mop, também conhecido por “esfregão”, surgiu na Inglaterra no século XVI com o nome de “mappe”. Foi o inventado por Cassius White, um operário que criou o sistema abre-fecha, funcionando como um livro, na época, feito de madeira. A marca White existe até hoje, permanecendo um nome forte nesse semento.

    Esse tipo de mop é bem conhecido para seu uso em limpezas úmidas e molhadas. Porém, existem também mops feitos para a remoção de sujeiras secas, sem levantar poeira.

    Você pode encontrar no mercado tanto o mop pó quanto o mop água, que se apresentam em muitas medidas e modelos que atendem de pequenos a grandes ambientes.

    São muitas as vantagens aos profissionais que realizam a limpeza usando esse tipo de ferramenta ao invés das tradicionais vassouras e rodos. Dentre elas temos uma menor fadiga e menor desgaste da coluna vertebral, por exemplo.

    Em nosso blog você encontra um artigo lhe ensinando como escolher o mop para limpeza.

    Material de limpeza: monitor de limpeza.

    monitor de limpeza

    Caixa de Monitor de Limpeza

    Para realizar um trabalho de alta performance, o “monitor de limpeza” viabiliza o treinamento e a fiscalização da higienização, independentemente do local em que foi realizada.

    Esses produtos podem funcionar como um simples teste para verificar se a área foi limpa ou não. Conseguem também testar a qualidade da limpeza e podem até mostrar quais os tipos de bactérias que estão presentes na área a ser verificada, sendo grandes aliados na melhoria dos serviços de limpeza, visto que conseguem testar ambientes de diversos segmentos, e até nossas mãos.

    Existem vários tipos de monitores, como o teste ATP, o OptiGlow da Oleak, a Placa de Ágar, entre outros. Veja como funcionam os monitores de limpeza ATP em nosso blog de limpeza profissional.

    Materiais de limpeza: rodos de limpeza.

    rodos de limpeza

    Profissional Limpando Vidros

    Os rodos de limpeza são tradicionais aliados na secagem e higienização de pisos e até de superfícies verticais como vidros e paredes.

    Conhecido em seu modelo mais tradicional com cabo de madeira e lâminas de borracha preta, atualmente é confeccionado em modelos que podem até ser esterilizados em central de materiais. Podem ser fabricados em diversos materiais, entre eles o ferro, alumínio ou plástico, existindo também modelos puxa e seca, dentre outros.

    A limpeza profissional evoluiu a tal ponto que passou a reconhecer a existência da contaminação cruzada, como já abordado nesse artigo. Com isso, rodos, mops, baldes, vassouras e outros materiais de limpeza passaram a ser produzidos em diversas cores, evitando o uso dos acessórios em ambientes que podem ser contaminados uns pelos outros.

    Discos de enceradeiras industriais e fibras sintéticas de limpeza.

    materiais de limpeza

    Discos de Limpeza SuperPro

    Os discos para polimento e limpeza são usados junto a outros tipos de materiais de limpeza, tais como: polidoras high speed, enceradeiras industriais e lavadoras de piso. Eles têm a função de limpeza dos pisos e polimento se utilizadas juntamente às ceras acrílicas.

    Um fator de diferenciação dos discos para enceradeiras industriais está em sua medida, expressa em diâmetro, e o tipo das fibras e cores em que eles são produzidos.

    Por fim o diâmetro deve acompanhar o diâmetro da polidora ou lavadora de pisos e a cor deve seguir a função a desempenhar, como lavagem leve, pesada, polimento forte, pesado etc.

    Materiais de limpeza: sacos de lixo para coleta seletiva e geral.

    Sacos de Lixo Para Coleta Seletiva e Geral

    Sacos de Lixo Para Coleta Seletiva

    A princípio estamos falando de um material de limpeza muito comum para realizamos o descarte de resíduos de todas as naturezas, sendo ele orgânicos, biológicos, restos de obras, papéis, plásticos, entre outros.

    Existem muitos tipos de lixeiras, como as lixeiras com pedal, tampa basculante, lixeira com abertura por sensor e muitos outros tipos. Sendo assim a existência de muitos modelos de sacos de lixo uma questão que acompanha as lixeiras comuns ou as lixeiras para recicláveis.

    De antemão, é válida saber da existência de um grande volume de modelos de sacos de lixos, bem como diferentes cores e medidas. Os modelos mais conhecidos, categorizados por suas embalagens, são aqueles do tipo “almofada” ou em rolo. O saco para lixo tipo “almofada” refere-se ao pacote quadrado ou retangular, já o saco de lixo rolo, como o nome diz, é o produto embalado em rolos.

    A diferenciação desse tipo de material de limpeza ocorre pela espessura da parede do saco, chamada de “micras”, bem como pela composição do plástico utilizado. Os materiais podem ser virgens, reciclados ou até uma combinação entre ambos.

    Pode parecer óbvio, mas a perfeita combinação entre a lixeiras e os sacos de lixo é necessário para aproveitar no máximo os sacos de lixo, levando em consideração seu tamanho e as micras. Com isso, leia nosso artigo em que explicamos mais sobre como escolher o saco de lixo ideal para sua empresa ou casa.

    Materiais de limpeza: sistemas de pulverizadores profissionais e domésticos.

    pulverizador

    Pulverizador para Limpeza

    Antes de mais nada, os pulverizadores são um item básico muito importante quando falamos de um uso racional e econômico de material de limpeza.

    O nome profissional, utilizado para definir a limpeza com o auxílio dos pulverizadores, é spray cleaning.

    A grande vantagem desse sistema é a de proporcionar um consumo racional de produtos, sem a necessidade de grandes volumes que acabam resultando em desperdício de produto.

    Se o material de limpeza utilizado dentro dos pulverizadores tiver ainda um baixo volume de resíduos sólidos, o resultado da limpeza será ainda mais vantajoso e eficiente.

    Diversos estudos comprovam variações importantes e benéficas no spray cleaning, especialmente quando comparadas contra a limpeza básica de água e sabão adicionadas de cloro versus o desinfetante hospitalar Optigerm.

    Vejamos abaixo algumas delas, desenvolvidas em testes no ambiente hospitalar.

    Tempo de Execução da Limpeza Redução entre 38 a 67%
    Consumo de Desinfetantes Hospitalares Redução entre 75% a 96%
    Volume de Água no Enxágue Redução de até 78%
    U.F.C. ( Unidades Formadoras de Colônias ) Redução de até 98%

    Materiais de limpeza: copos plásticos descartáveis.

    Você pode achar incomum copos plásticos descartáveis fazerem parte desse artigo, mas nós o adicionamos também às nossaslistas de materiais de limpeza, que você pode conferir em nosso blog.

    Esse produto, que está em nossa lista de material de limpeza, diferencia-se em relação ao tipo da matéria prima utilizada, tais quais: o polipropileno (PP), o poliestireno (PS) e aquele conhecido como Isopor ® (EPS).

    A quantidade ou volume da matéria prima utilizada no copo também é um fator de diferenciação. Sendo assim o copo de plástico de uma marca pode pesar mais do que outra. Há ainda a característica de que alguns copos podem manter a temperatura do conteúdo ou não. Por fim, os copos podem se diferenciar também pela sua capacidade de armazenagem. Os mais famosos no mercado nacional são os copos plásticos de 180, 200 e 50 ml.

    Em relação aos dispositivos existentes para os copos plásticos descartáveis, há o famoso poupa-copos que liberam ao usuário apenas um copo por vez. Também existe uma variedade de lixeiras especificas para o descarte desse produto em questão, como o lixo copo de água e lixo de copo de café, que economizam muito espaço e unidades de sacos de lixo.

    Aproveite e leia nosso artigo sobre como selecionar seu copo descartável para tomar sua melhor decisão e compra de copos plásticos descartáveis.

    Material de limpeza: pano de limpeza multiuso.

    pano multiuso

    Pano Multiuso

    O consumo do pano de limpeza multiuso e panos do tipo wiper cresceu em muitos países do mundo. Normalmente são descartáveis e não recicláveis. No entanto, o espaço ocupado nos aterros é extremamente difícil de apurar, sendo o impacto na natureza difícil de mensurar e potencialmente baixo.

    Todavia, seu benefício na limpeza de ambientes é reconhecido com facilidade, já que propicia condições de evitar a contaminação cruzada.

    Sobretudo porque cada pano pode ter sua cor relacionada com os processos de limpeza ou ambientes e ficar, portanto, restrito ao seu devido ambiente.

    Eles são produzidos em muitas cores, medidas, formatos e gramaturas. O nome mais popular encontrado como sinônimo para tais panos é “perfex”, da empresa Ypê.

    A composição desse produto varia entre panos de celulose, viscose, polipropileno e pode vir também com uma combinação entre essas matérias primas.

    Existe ainda uma categoria dos panos que não é tão descartável: são aqueles produzidos em microfibra, também disponíveis em várias cores e medidas. Esses panos de microfibra são um dos materiais de limpeza mais duráveis, diferentes dos seus semelhantes descartáveis, mencionados acima.

    Outra subcategoria dos panos de limpeza é a que já vem com materiais de limpeza impregnado no pano. É o caso, por exemplo, do pano Optigerm Wipe Pack, ou mesmo aquele que vem em sua versão lenço umedecido para limpeza, que já possui um importante desinfetante hospitalar dentro dele. Existem ainda outras versões: com álcool 70, com desengraxante de superfícies e de mãos, assim por diante.

    Materiais de limpeza: lenços umedecidos.

    Lenços Umedecidos

    Lenços Umedecidos de Limpeza

    Antes exclusivos para limpeza íntima ou facial, os lenços umedecidos passaram a ter sua oferta ampliada em 2020. São disponibilizados em muitas versões que vão desde a desinfecção de superfícies hospitalares e até mesmo para o uso em nossas casas.

    É possível encontrarmos panos para limpeza pesada de graxa, para limpeza de gorduras, desinfecção, para limpeza e brilho inox, entre outros. Os produtos embebidos neles também são variados, vão desde desengraxantes, desengordurantes, limpadores gerais e até com álcool 70.

    A grande vantagem está no seu uso e descarte imediato. Portanto, zeram a chance de uma contaminação cruzada e evitam a necessidade de lavagens constantes desse tipo de material de limpeza.

    Equipamentos de proteção individual e equipamentos de proteção coletiva – EPI’s & EPC’s

    epi

    Kit com EPI’s

    Alguns Epi’s e Epc’s estão presentes nas listas de material de limpeza de alguns estabelecimentos, sendo, portanto, classificados como tal.

    Os tipos de EPI’s mais usados são as luvas para limpeza, toucas e as máscaras descartáveis. Aliás temos um artigo, bastante completo que ensina a escolher a melhor luva de limpeza para sua empresa.

    Já nos EPC’s têm como materiais mais conhecidos a placa de sinalização, que contém dizeres como “piso molhado”, por exemplo.

    É de fundamental importância o estímulo e exigência da aquisição desses produtos, por parte dos contratantes, bem como do seu uso correto pelos profissionais da limpeza para garantir saúde e proteção dos colaboradores.

    Como parte do processo de estímulo, destacamos o treinamento de equipes, realizado pelo nosso corpo técnico. Clique e conheça mais sobre Treinamento de Equipes de Limpeza

    treinamento de equipe de limpeza

    Ofereça treinamento a equipe de limpeza da sua empresa.

    Material de limpeza: dispensers ou dispensadores.

    Dosador Automático

    Dispenser Automático de Álcool Gel

    Esses dispositivos quando utilizados na limpeza profissional ou mesmo na higienização caseira, são de enorme importância. Afinal, é através deles que fazemos uso de muitos materiais de limpeza. Como exemplo rotineiro, temos o porta papel toalha ou toalheiros, as saboneteiras, os suportes de papel higiênico, toda família de dispensadores de copos plásticos, entre outros.

    No dia a dia, não reparamos o quanto fazemos uso desses insumos. Eles têm a função de proteger os produtos e de organizar a sua liberação de forma prática e mais econômica possível.

    Como comentamos anteriormente, existem diversos tipos de papeis, como as toalhas de papel 2 dobras, 3 dobras, toalhas em tufos ou toalhas em rolo. Por isso, para cada tipo de produto, há um dispenser adequado a ele.

    Já para álcool em gel existem os dispensers automáticos, os dispensers com reservatórios e os dispensadores para álcool em refil, entre vários outros. Esse tema ganhou até um artigo específico sobre “dispenser automático ou dispenser manual qual o mais indicado?”em nosso site, que nos traz as características de cada um, para que você consiga escolher o tipo mais indicado para o seu local de trabalho ou seu lar.

    Para entender importância desse assunto, existem estudos de universidades que se propuseram a acompanhar o motivo da maior ou menor utilização de álcool gel em hospitais com a presença do dispensador de álcool gel ideal. Alguns dos motivos apresentados foi a disponibilidade de mais ou menos dispensers, da qualidade deles e da quantidade dispensada de álcool em gel.

    Campanha C2 - programa de fornecimento II

    Equipamentos de Limpeza Profissional.

    O que são os equipamentos de limpeza profissional?

    Os equipamentos de limpeza profissional são artigos que atuam nos procedimentos de limpeza na parte mecânica. Colaboram, especialmente, para o aumento da produtividade e da qualidade dos serviços de limpeza e também são categorizados como materiais de limpeza.

    Existem uma infinidade de itens dentro dessa categoria de materiais de limpeza, sendo alguns movidos a eletricidade, a gás, a bateria e muitos outros apenas utilizam a força do operador.

    Selecionamos dentro dessa categoria de material de limpeza os produtos mais relevantes para você.

    Para aprofundar as vantagens do uso total e amplo dos equipamentos acesse nosso artigo que conta tudo sobre equipamentos de limpeza.

    Enceradeiras industriais e profissionais.

    enceradeira

    Enceradeira Industrial Certec

    Esse tipo de material de limpeza trata-se de máquinas prioritariamente elétricas, e servem para limpar pisos e polir ceras moles ou até mesmo ceras acrílicas.

    Possuem muitas variações em relação às suas medidas, que geralmente são escolhidas em termos de milímetros do seu diâmetro que entram em contato com o piso.

    Quanto maior o diâmetro, maior a produtividade e consequentemente maior o rendimento do serviço e do aproveitamento dos materiais de limpeza. Como exemplo, citamos a Enceradeira 350 mm ou Enceradeira 510 mm. Outra forma se escolher esse produto é pela potência do motor, expressa em “HP”.

    Alguns tipos de enceradeiras industriais são equipamentos movidos a gás e atuam, principalmente, na remoção de ceras acrílicas em grandes áreas em ambientes comerciais, como shoppings e supermercados.

    Elas sempre fazem os serviços de higienização em conjunto com outros materiais de limpeza como o “limpa pisos” e os discos para enceradeira, por exemplo. Tais discos possuem vários diâmetros adequados a cada enceradeira e o tipo de limpeza também varia de acordo com o seu nível de abrasão ao piso.

    Polidoras High Speed.

    polidora

    Polidora High Speed Brasileira

    As polidoras high speed são um tipo de equipamento semelhantes a enceradeira. São usadas no polimento de ceras acrílicas utilizadas grandes áreas.

    Elas podem ser movidas à eletricidade, gás, álcool ou mesmo com o uso de bateria. Cada qual com seu poder de autonomia, produtividade e qualidade do serviço final.

    Uma grande vantagem desse tipo de equipamento, está na sua grande autonomia e na alta produtividade. Além disso, quando usado por um profissional da limpeza, pode aumentar a durabilidade dos tratamentos para pisos, bem como a manutenção do piso.

    Elas são indispensáveis para os tratamentos de pisos de grandes áreas como shoppings, home centers e hipermercados.

    Materiais de limpeza: lavadoras automáticas de piso tipo “Scrubber Vac”.

    lavadora automatica

    Lavadora Automática de Pisos Eureka

    As lavadoras automáticas de piso são equipamentos de limpeza normalmente de grande porte. Tem a função de lavar e secar pisos de modo simultâneo.

    É destinada a grandes áreas, de forma a economizar mão de obra e manter o padrão de qualidade necessário a esses grandes ambientes.

    Como os ambientes comerciais foram escalaram de tamanho na década de 90 e a importação foi aberta, eles entraram com muita intensidade no mercado, principalmente no segmento de limpeza profissional.

    Hoje em dia, essa mesma demanda por qualidade e produtividade aparece nos pequenos ambientes, onde já é possível comprar lavadoras automáticas fabricadas especialmente para pequenas áreas.

    O consumo de detergentes e água é baixo nas lavadoras automáticas. No entanto, é importante analisar o material de limpeza a ser utilizado, uma vez que ele influencia diretamente na qualidade do serviço e na longevidade da máquina.

    Esse equipamento pode variar entre modelos elétricos, baterias e a gás. Ainda podem ser pilotadas como fossem um pequeno veículo para uso em áreas que façam jus a esse nível de rendimento.

    Aspiradores de pó e água profissionais.

    aspirador profissional

    Aspirador de Pó Profissional Electrolux

    Trata-se de uma categoria intrinsicamente ligada a saúde, pois como se sabe, a poeira é fonte de muitas doenças. No entanto, não é somente de remoção de poeira que ela é destinada, visto que a aspiração de líquidos também é uma função importante desse tipo de equipamento.

    Os filtros que são utilizados nesses aspiradores têm diversos níveis de filtragem. Com isso, uma grande parte das partículas de poeiras são removidas e armazenada em seus filtros, diferente das vassouras que espalham a poeira pelos ambientes e prejudicam a nossa saúde.

    Os aspiradores têm especial participação na manutenção de pisos acarpetados, uma vez que tais pisos armazenam a poeira exatamente para ser aspirada. Se utilizados corretamente, eles colaboram muito na ampliação da vida útil dos carpetes.

    Os tipos de aspiradores são muitos variados e temos destaque para o uso mais habitual, que é o do tipo tanque, onde puxamos o aspirador e o tipo aspirador vertical.

    Esse último está com as ofertas em alta e teve queda expressiva nos valores. Sua grande vantagem é a rapidez das atividades de limpeza e a ergonomia favorável ao profissional de limpeza.

    Varredeiras Profissionais.

    varredeira profissional

    Varredeira Profissional Karcher

    Diferente das vassouras mágicas, aqui estamos falando de um tipo de material de limpeza que tem a especialidade de limpar predominantemente as áreas externas. Sua energia pode vir da a gasolina ou mesmo da força mecânicas, empurradas pelo operador.

    Existem também os modelos dirigíveis onde o operador vai embarcado, tal como as lavadoras de piso.

    Materiais de limpeza: hidrojateadoras profissionais e domésticas.

    hidrojateadora

    Hidrojateadora Wap

    Essa categoria de materiais tem como ponto forte a limpeza de grandes áreas, sejam estas na horizontal ou na vertical, com muita economia de água e tempo de trabalho.

    Um aspecto importante a se destacar é que ela atua especialmente sobre superfícies porosas, fazendo com que a água penetre com maior facilidade na porosidade com a força da pressão.

    Temos disponíveis modelos que funcionam com água fria ou até mesmo são capazes de esquentar a água da limpeza.

    Outra vantagem está na existência dos modelos portáteis que oferecem alta flexibilidade para esse grupo de materiais de limpeza.

    Máquina lava louças.

    maquina de lavar industrial

    Máquina de lavar louça industrial Winterhalter

    Cozinhas profissionais são os ambientes onde essas máquinas têm seu destaque, não podendo ficar fora da nossa lista de material de limpeza.

    Apresentam uma grande variedade de tamanhos e rendimentos, em termos de utensílios a serem limpos e volume de refeições, aspectos que devem ser levados em considerações no momento da seleção da máquina lava louças.

    Em nosso artigo sobre o porque usar máquinas de lavar louças, falamos das vantagens de uma boa escolha da máquina e de seus produtos para lavagem de louças. Essas máquinas lavam e deixam os utensílios prontos para uso. Além disso, é possível limpar grandes volumes de itens em poucos minutos.

    Vale lembrar que as máquinas economizam grande volume de água e agem junto ao sabão de lavar louças e ao secante de louças, gerando também grande economia desses itens.

    Para finalizar, é importante salientar a redução proporcionada por esse tipo de equipamento na mão de obra para os procedimentos de lavar louças e demais utensílios.

    Materiais de limpeza: baldes espremedores.

    balde espremedor

    Balde Espremedor Azul Bralimpia

    Esse é um tipo de material de limpeza não elétrico, porém, com alto rendimento por metro quadrado quando o assunto é limpeza úmida de pisos.

    Esses tipos de equipamentos de limpeza funcionam muito bem também na higienização molhada e quando enceramos pisos em grandes extensões de áreas quadradas. Ademais, pequenas áreas também são beneficiadas por menores versões desses materiais de limpeza.

    O conjunto balde espremedor sempre atua com um refil de mop água, seja ela do tipo cabeleira ou seja do tipo mop plano.

    Com o tempo, o mop água plano passou a ter versões que borrifam materiais de limpeza. Esse produto é chamado de “mop spray” sendo ele utilizado em grandes ou pequenas áreas.

    O destaque dessa categoria vai para a marca de materiais de limpeza Bettanin, que com sua linha nova entrega ao ambiente doméstico um pouco do que está disponível no mercado para as grandes áreas.

    Extensões e rodos para limpeza de vidros.

    Esses produtos pertencem a uma categoria que aumenta a produção da limpeza em grandes áreas envidraçadas, inclusive a higienização de áreas muito altas.

    A limpeza dessas áreas, com as extensões para limpeza de vidros ocorre em segurança e sem necessidade de montagem de andaimes para acessar as partes mais altas. Tão importante quanto a produtividade e a segurança, temos também um alto nível de exigência em relação a qualidade dessas tarefas. Esse material de limpeza é muito importante para conciliar todos esses interesses.

    Carros de limpeza profissional.

    Carro de Limpeza Profissional

    Carro de Limpeza SuperPro

    Desempenhando uma função mais organizacional e logística, esse tipo de material de limpeza conduz produtos e equipamentos aos ambientes onde a tarefa será realizada. A coleta de lixos também pode ser realizada pelos carros de limpeza, o que facilita muito as atividades dos profissionais de limpeza.

    Um dos modelos mais populares é o da imagem acima, padrão em muitos fabricantes de material de limpeza. Já um destaque entre os carros de limpeza está no modelo usado em hospitais, que ganhou uma certa fama com a entrada do importante fabricante europeu italiano, a TTS.

    Essa fábrica de alta tecnologia possibilitou a entrada desse material de limpeza de grande qualidade nos hospitais que tinham, até então, carros de limpeza precários.

    Uma grande vantagem desses carros é o fato de que ele pode ser montado de acordo com a necessidade dos clientes. Pode-se escolher a medida da base, o volume de armazenamento de lixo, o tipo de bandeja adequado para as ferramentas de limpeza entre outros muitos tipos de personalização.

    Diluidores de produtos químicos de limpeza.

    Diluidores de produtos de limpeza para máquinas de lavar louça

    Diluidores de produtos de limpeza para máquinas de lavar louça.

    Ao falarmos de equipamentos ligados à nossa lista de material de limpeza, os diluidores são importantes atores dessa lista e devem estar presentes nesse artigo.

    Os materiais de limpeza passaram por grande evolução ao longo do tempo e tendem a ser hoje mais concentrados. Por conta disso, a diluição dos produtos no local de uso é uma necessidade atual.

    Veja aqui um artigo sobre o uso de produtos concentrados que ganhou muito espaço por apresentar grandes vantagens de economia para o consumidor.

    São diversos tipos de diluição possíveis, sendo a diluição manual o tipo mais comum. Porém, pensando em produtividade, segurança dos envolvidos e na manutenção de um alto padrão de qualidade, existem os diluidores ou dosadores de produtos químicos.

    Eles são fabricados em muitos modelos, sendo os mais conhecidos, os mecânicos e os eletrônicos.

    Os eletrônicos eram disponibilizados apenas nas lavanderias profissionais, mas nos últimos anos também passaram a ser encontrados em DML’s de indústrias, hospitais e em outros segmentos.

    A principal finalidade desse material de limpeza é garantir a taxa de diluição correta, muito importante em ambientes críticos e sensíveis, onde um equívoco de concentração de produto pode ser considerado fatal. Por conta disso, é importante destacar que, apesar do uso dos diluidores, o monitoramento periódico desses equipamentos é fundamental para o funcionamento adequado do material de limpeza utilizado em diluição.

    Com isso, é extremamente importante o correto uso das embalagens dos materiais de limpeza concentrados. A linha fácil Oleak se atenta muito a esse detalhe,

    Esses tipos de diluidores contribuem para o acesso de pequenas e médias empresas aos sistemas de dosagem, uma vez que dispensam a necessidade de instalações específicas.

    Banner Mobile Higiclear

    Banner Desktop Higiclear

    Principais segmentos de consumidores.

    Até aqui, esse manual discorreu sobre a descrição, uso e curiosidades dos tipos mais comuns de produtos, equipamentos e materiais de limpeza.

    Nessa parte final, nosso intuito é proporcionar uma dimensão extra sobre os materiais de limpeza que existem no segmento empresarial.

    Para cada um dos produtos acima apresentados existem especialidades em cada segmento de empresas. Veremos, na sequência, os mais conhecidos e algumas dicas e curiosidades.

    De um modo geral podemos garantir que existem muitas maneiras de economizar com produtos, especialmente para limpeza de empresas, mas nenhuma delas passa pela aquisição de materiais que tenham apenas o produto de limpeza barato como vetor principal.

    Materiais de limpeza hospitalar.

    limpeza hospitalar

    Desinfetante hospitalar

    Nesse segmento, ganham destaque todos os materiais de limpeza que tem alta performance e regularidade documental na ANVISA.

    Existe até um setor específico dentro dos hospitais, o CCIH (Centro de Controle de Infecção Hospitalar), setor responsável pela seleção e monitoramento soluções de limpeza, com um profissional de enfermagem capaz e preparado em suas mãos.

    Você pode encontrar mais sobre o tema, em nossa seção sobre produtos para hospitais, desenvolvido pela nossa equipe técnica.

    E você pode ler mais sobre infecções hospitalares em nosso artigo sobre como evitar as IRAS.

    Materiais de limpeza para cozinha industrial.

    kitch care

    Sanitizante para salada

    Dentro desse setor, existem muitos tipos de empresas como padarias, bares, restaurantes, empresas de refeição coletiva, empresas de catering, entre outros.

    Por conta disso, o nível de exigência é elevado, devido a constante manipulação de alimentos. Um profissional de nutrição ou responsável técnico deve ser o ponto de apoio nas questões de seleção de materiais de limpeza.

    Você pode encontrar muito mais sobre materiais para restaurantes em nossa página para esse segmento.

    Material de limpeza industrial.

    synd 250

    Produtos desengraxantes

    No setor industrial os materiais de limpeza têm destaque devido ao seu reflexo e impacto no meio ambiente e segurança ao trabalhador.

    O valor da despesa dos materiais não é significativo, mas o impacto quando os produtos não funcionam adequadamente, é grande.

    Entre os produtos utilizados pelas indústrias, o de maior destaque é o desengraxante industrial, seja ele para superfícies ou mãos.

    Veja nesse link mais questões sobre o efeito dos produtos na limpeza industrial.

    Materiais de limpeza profissional.

    garra limpador geral

    Material de limpeza 

    Alta qualidade e baixo custo são cruciais quando se fala em material de limpeza para limpadoras, pois são insumos que dão a cara da empresa de limpeza para seus clientes, colaborando diretamente com o resultado final do serviço prestado.

    Com isso, conheça mais sobre eles em nosso artigo de limpeza para limpadoras.

    Materiais de limpeza para hotéis.

    tenside spotter

    Limpa carpetes

    Essa categoria de produtos ganhou forte destaque em relação a saúde dos hóspedes, que passaram a valorizar ainda mais as atividades de limpeza dos hotéis, motéis, pousadas e afins. Abordando sobre o cuidado com a limpeza em hospitais e como ela afeta a percepção de pacientes e profissionais da saúde em nosso artigo sobre hotelaria hospitalar, disponível em nosso site de limpeza profissional.

    Programas de limpeza foram desenvolvidos com foco na qualidade e na comunicação ao cliente sobre a segurança envolvida no processo de higienização dos quartos e demais ambientes. Para conhecer mais sobre o tema veja aqui sobre nossos produtos de limpeza para hotéis e saiba como nossa empresa pode colaborar nesse segmento.

    Materiais de limpeza para escolas.

    cera antiderrapante

    Cera Auto Brilho

    A última pandemia colocou os ambientes físicos das escolas sob forte debate na questão do contágio de doenças e a limpeza é uma questão de sobrevivência.

    A virtualização do ensino está crescendo muito, porém, destaca-se ainda a importância da convivência entre os alunos.

    Conheça o que nossa empresa pode fazer para esse setor, acessando aqui nossa página sobre produtos de limpeza para escolas.

    Banner artigo escolas universidades c9

    Materiais de limpeza para condomínios.

    prax n32

    Detergente desengraxante

    O último cenário pandêmico também alterou a presença dos moradores em seus condomínios. Antes, eram os condomínios empresariais que andavam sempre cheios. Agora, os residenciais tomam esse papel com o aumento do trabalho em casa, no home office.

    Sendo assim, as listas de material de limpeza ganharam grande destaque e maior nível de exigência.

    Saiba como nossa empresa pode lhe ajudar a gerir a limpeza de seu condomínio, clicando aqui nossa página sobre produtos de limpeza para condomínio.

    Materiais de limpeza para empresas em geral.

    limpador geral

    Limpador Geral

    O comércio, de um modo geral, tem a obrigação de garantir ambientes seguros aos seus clientes, afinal, se o ambiente não é seguro, os clientes não entram ou não retornam.

    Portanto, torna-se muito importante o material de limpeza e os processos de higienização corretos. Pois, além de garantir qualidade aos procedimentos, é importante comunicar aos clientes essa segurança.

    Veja o que nossa empresa tem de melhor em relação aos materiais para empresas de comercio.

    Material de limpeza caseiro ou material de limpeza profissional: qual o melhor?

    produto de limpeza caseiro x profissional

    Pessoa pensando em alternativas

    É certo que em nossa casa somos livres para determinar qual material de limpeza usar. O mesmo não acontece em nosso trabalho, onde a escolha fica a cargo do setor de serviços, facilities, suprimentos, setor de MRO (veja mais sobre em nosso artigo), entre outros.

    Contudo, ainda é muito comum que os profissionais de limpeza solicitem materiais de limpeza caseiros para realizar a limpeza, mesmo nos ambientes empresariais. O motivo mais habitual é a segurança que eles sentem ao utilizar na empresa o mesmo produto que usam em suas casas.

    Os paradigmas não param aí: existe uma certa preferência nas residências por produtos que espumem, que sejam viscosos e que tenham uma cor bastante forte.

    Todavia, existe um problema: Os produtos caseiros de limpeza são idealizados desde seu marketing até as suas questões técnicas para o seu uso em um ambiente doméstico, que apresentam nível de exigência e frequência de limpeza completamente diferente do ambiente empresarial.

    Imaginemos algumas questões que podem elucidar a necessidade de uso de material de limpeza profissional nas empresas e não o material doméstico:

    Produto para limpeza colorido e o risco de transferência de cores.

    O uso de um limpador com forte coloração em uma residência com frequência de limpeza semanal pode não trazer problemas de transferência de cor para as superfícies que limpa.

    Agora, imagine esse mesmo material de limpeza sendo usado por 3 vezes ao dia em uma empresa. Certamente o risco da transferência de cor aumenta correndo risco de tingimento de modo irreversível.

    Materiais de limpeza espumante e a necessidade de enxágue.

    Um produto no ambiente doméstico que espume bastante é bem aceito, uma vez que os ambientes geralmente são pequenos e os usuários dos materiais gostam desse efeito.

    No entanto, esse mesmo produto em ambientes maiores carrega consigo a mesma necessidade de enxágue, precisando de altos volumes de água para a remoção dessa solução.

    Material de limpeza com alta viscosidade e produto “ralo” ou aguado.

    No ambiente doméstico, uma solução que apresente alta viscosidade transmite ao usuário a sensação de um produto concentrado.

    Por mais que possa realmente conter altas concentrações, o mais comum é que ele não seja concentrado, sendo a viscosidade apenas um fator de marketing sensorial.

    Seu uso em nossa casa até pode não apresentar problemas, porém, no ambiente coorporativo, existem algumas operações em que a alta viscosidade atrapalha o uso e a diluição do produto.

    Materiais de limpeza concentrado e os produtos de pronto uso.

    Em nossa casa, alguns produtos são do tipo pronto uso, ou seja, abre-se a embalagem e o produto já está pronto para uso.

    No entanto, como já apresentamos, os produtos concentrados permitem maiores diluições que os tornam mais vantajosos economicamente para os consumidores. Além disso, já são conhecidas as vantagens dos materiais concentrados para o meio ambiente como abordado nesse artigo.

    Até mesmo o ambiente doméstico está migrando para os produtos concentrados que possibilitam economia de embalagens e de transporte, sem falar na melhoria da condição de uso.

    Veja, por exemplo, o case do sabão líquido de roupas OMO: Num primeiro momento, o sabão líquido está ganhando espaço do sabão em pó, agora trazendo novas possibilidades com o OMO concentrado para diluir, onde com apenas 500 ml podemos fazer 3 litros de produtos.

    Materiais de limpeza cheiroso ou com pouca fragrância.

    Seja em casa ou em ambientes de trabalho, o cheiro que um produto de limpeza passa transmite prazer extra na permanência em suas instalações, sendo alvo até mesmo do que se chama de “marketing olfativo”.

    No entanto, no ambiente empresarial, é importante colocarmos em primeiro lugar a qualidade da limpeza, e não o seu aroma.

    Por vezes, a fragrância do produto pode nos confundir e camuflar uma limpeza que não existe, visto que higiene e perfume não estão diretamente relacionados.

    Aliás, o conhecido “cheiro de limpeza” na realidade, não existe. O setor hospitalar é uma prova disso, visto que seus produtos, que precisam ter alta eficácia, são isentos de aromas.

    Para finalizar esse tópico, veja em nosso artigo a comparação do uso de material doméstico versus o uso de materiais profissionais e entenda por que alguns produtos não devem ser usados, nem em sua casa.

    Marcas de Materiais de limpeza.

    Como em todo segmento empresarial, a marca é uma distinção dos produtos e serviços.

    E, visto que ao tratarmos de material de limpeza falamos também de saúde, é muito importante que se pense na marca, sua reputação e suas composições antes de comprar os produtos para sua casa ou trabalho.

    Portanto, em sua próxima compra, além de optar por uma boa marca, exija documentação adequada de órgãos reguladores dos produtos, com a finalidade de comprovar os registros e notificações emitidos pela ANVISA, em especial de materiais de limpeza desinfetantes.

    Como Comprar Materiais de Limpeza?

    distribuidor de produtos de limpeza

    Entrega de produtos

    Depois de ter toda essa orientação de nosso manual você deve selecionar o fornecedor de produtos de limpeza com mais propriedade.

    Se a sua função é comprar os materiais de limpeza para sua empresa, considere escolher um distribuidor de produtos químicos de limpeza como a Higiclear, que te oferece o suporte ideal para potencializar as suas escolhas profissionais.

    Pense em realizar um acordo, ou contrato de fornecimento, por um período em que a empresa de materiais de limpeza possa lhe fornecer todo o know how necessário para que sua empresa saia ganhando em tecnologia e qualidade.

    Caso você compre para sua casa ou empresa e prefira comprar pela internet, considere comprar de uma loja de produtos de limpeza virtual, mas não abra mão da qualidade e seleção.

    produtos de limpeza online

    Loja de Limpeza Online – Clique e conheça!

    Concluindo o manual de materiais de limpeza.

    Como dissemos no início, nossa intenção genuína ao construir esse manual é de colaborar com a escolha mais assertiva do seu material de limpeza, seja para sua casa, trabalho ou até mesmo para revender produtos.

    Após uma grande dedicação de tempo relacionado a pesquisas junto a nossa equipe, e de muitas revisões, esperamos ter alcançado nosso objetivo.

    O segmento de materiais de limpeza é bastante dinâmico, e com ele nosso compromisso de atualização é imenso. Esperamos manter atualizado nosso manual sempre que novidades relevantes se apresentarem.

    Conte com nosso departamento técnico e comercial que está aqui para lhe apoiar em maiores esclarecimentos.

    Gostou do nosso Manual e Guia Definitivo sobre Materiais de Limpeza? Comente e nos avalie no Google!

    Esclarecer dúvidas, orientar e oferecer sempre o melhor em técnicas e produtos de limpeza profissional é a nossa missão na Higiclear. Conte sempre com a gente para fazer escolhas que atendam às necessidades de sua empresa.

    Se você gostou das informações sobre materiais de limpeza presentes em nosso manual, compartilhe com mais pessoas, nos acompanhe nas redes sociais, nos siga nas plataformas de áudio e fique de olho em nosso site para não perder dicas e conhecer nossas soluções de produtos de limpeza profissional.

    Até a próxima!